PUBLICIDADE

Vacinação contra covid e influenza continua nesta quinta e fim de ano; veja locais e horários

Rosana Nunes em 30 de Dezembro de 2021

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Vacinação não irá parar no fim de ano em Corumbá, mas atenção aos horários

A Secretaria de Saúde de Corumbá disponibiliza a vacinação contra a covid-19 nesta quinta, 30 de dezembro, no Centro de Saúde da Ladeira, das 08h às 19h. Nas unidades de saúde Padre Ernesto Sassida, Lúcia Maria, Gastão de Oliveira e Popular Velha, o atendimento vai das 07h30 às 10h30 e das 13h30 às 16h. 

Nos dias 31 de dezembro, 01 e 02 de janeiro, a vacinação estará disponível somente no Centro de Saúde da Ladeira, das 08h às 12h.

A segunda dose da Janssen é para pessoas a partir de 18 anos que tenham se vacinado há mais de 2 meses. São aplicadas ainda a 1ª dose para pessoas com 12 anos ou mais; a 2ª dose da Pfizer para quem tomou a 1ª  mais de 21 dias e da Astrazeneca, para quem tomou a 1ª dose há mais de 60 dias, além da dose de reforço para pessoas a partir de 18 anos que tomaram a segunda dose da Astrazeneca, Pfizer ou Coronavac há mais de 4 meses

A quarta dose é para imunossuprimidos com mais de 18 anos, que receberam duas doses e uma de reforço há mais de quatro meses. 

São considerados pacientes imunocomprometidos: os portadores de imunodeficiência primária grave; quem está fazendo quimioterapia para câncer; transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) uso de drogas imunossupressoras; pessoas vivendo com HIV/AIDS; pacientes em uso de corticóides em doses ≥20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por ≥14 dias; pessoas que usam drogas modificadoras da resposta imune (o Ministério da Saúde divulga uma tabela com essas medicações); pacientes com condições auto inflamatórias e doenças intestinais inflamatórias; pacientes em hemodiálise; pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas. 

É necessário levar comprovante vacinal e documento pessoal com foto. 

Influenza

Ao mesmo tempo, a Saúde Municipal está disponibilizando nos mesmos postos e horários, a vacina contra a gripe (Influenza). As doses podem ser aplicadas em crianças acima de 6 meses de idade (é preciso levar o cartão de vacina) e em quem não tomou nenhuma dose na campanha deste ano. As pessoas que já foram vacinadas contra a Influenza não precisam procurar os postos, pois não é uma vacina nova. Das três mil doses que chegaram na quarta-feira (29), restam 1.800. 

A busca pelas doses contra a Influenza cresceu nos últimos dias em consequência do surto de Síndrome Respiratória Aguda Grave, que vem lotando unidades de saúde, Pronto-Socorro e Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

A maioria das pessoas que vão em busca de atendimento, apresentam sintomas como febre, dor na garganta, dor de cabeça, coriza e dores no corpo. Alguns desses sintomas são característicos também do coronavírus.

Importante saber que a vacina contra a gripe aplicada este ano em grupos específicos no Brasil não protege contra a variante Darwin da cepa H3N2 da Influenza A, mas já reduz o risco. Doses do imunizante, capaz de conter a nova variante chegam em março, conforme calendário do Ministério da Saúde.

Corumbá já aplicou mais de 44 mil doses da vacina contra a influenza. Isso significa que pouco mais de 93% do público alvo recebeu a cobertura vacinal, conforme é preconizado pelo Ministério da Saúde.

A cidade já registrou uma morte pelo vírus H3N2. Foi uma idosa, de 76 anos, que faleceu na terça-feira (28). Outro óbito foi em Campo Grande, de um rapaz de 21 anos, que morreu no último dia 21. São duas mortes provocados pelo vírus da gripe em Mato Grosso do Sul. 

PUBLICIDADE