PUBLICIDADE

Após ampliação de público, Corumbá disponibiliza 15 pontos de vacinação contra a covid-19

Leonardo Cabral em 17 de Novembro de 2021

Anderson Gallo/ Diário Corumbaense

Drive da Porto Carrero voltou a funcionar em Corumbá para a dose reforço

Nem mesmo a fina garoa que caía em Corumbá, na manhã desta quarta-feira, 17 de novembro, impediu a procura pela 3ª dose contra o novo coronavírus. Chamada de “dose de reforço”, a imunização é para pessoas com mais de 55 anos e que tenham tomado as outras duas doses (Astrazeneca, Pfizer ou Coronavac) há mais de quatro meses.

Após quase 50 dias fechado, para aplicação das doses, o principal ponto de vacinação em Corumbá, o Poliesportivo da Avenida Porto Carrero, voltou a funcionar no sistema drive thru. O movimento ainda era pequeno, mas quem chegava para tomar a vacina estava animado com a dose reforço da Pfizer.

Anderson Gallo/ Diário Corumbaense

Morador do assentamento Taquaral, Antônio Francisco, veio tomar a dose reforço

“Isso tem que ser um dever de todos nós cidadãos. Vim do assentamento Taquaral e a sensação é muito boa, de alívio, diante de tanto sofrimento que o mundo enfrentou e ainda vem passando”, disse Antônio Francisco da Silva, de 61 anos.

Anderson Gallo/ Diário Corumbaense

José Eduardo Torres pediu para que as pessoas se vacinem

Já José Eduardo Torres de Souza, de 59 anos, pediu conscientização às pessoas. “Vim assim que soube que essa dose de reforço seria liberada. As duas primeiras que tomei foi da Astrazeneca, agora o reforço está sendo a Pfizer. Isso é proteção ainda mais pelos baixos índices de casos que estamos registrando, por isso é importante que todos venham e se vacinem”, disse José Eduardo.

Um pouco nervoso antes da dose ser aplicada, Ademilson Baptista da Silva, de 56 anos, reforçou o pedido. “Esse momento é uma esperança de que vamos nos salvaguardar e nos proteger, é mais uma segurança. Me sinto aliviado e tranquilo para que possamos vencer a guerra contra esse vírus”, falou.

A vacinação

Em Corumbá são 15 pontos de vacinação, sendo 13 Unidades de Saúde. Algumas estarão abertas no período noturno, além do Centro de Saúde da Ladeira e o drive do Poliesportivo da Porto Carrero. A vacinação será gradativa. 

A chefe do Programa Municipal de Imunização, Luciana Ambrósio, explicou sobre a importância da dose de reforço após quatro meses da segunda dose.

“Imprescindível, pois estudos mostram que a partir do quarto mês a tendência é cair um pouco a proteção, por isso é importante fazer esse reforço, para dar uma ‘lembrada’ no organismo da vacina. O vírus ainda está aí e temos a variante Delta, que está circulando. Vale lembrar que as vacinas na introdução para o organismo sempre são feitas em várias doses e é importante que a gente faça essa dose reforço contra a covid na população”, disse Luciana. 

Anderson Gallo/ Diário Corumbaense

Dose de reforço está sendo com a vacina da Pfizer

“Com a ampliação do público, podemos avançar mais ainda a imunização da nossa população, de 18 a 59 anos. Essa dose é importante para assegurar a nova realidade em que estamos trabalhando com o convívio social e que a gente continue não tendo casos graves e internação e, consequente, não tendo óbitos. Mas temos que continuar com medidas de biossegurança como o uso das máscaras e higienização das mãos, nos permitindo a ter de volta esse convívio”, pontuou o Secretário Municipal de Saúde, Rogério Leite, ao Diário Corumbaense.

Em Corumbá, está sendo lançado a campanha "Mostre o braço aí e vacine-se",  para incentivar ainda mais a imunização da população. “Convidamos todos para que compareçam nas unidades de saúde, no drive e no Centro de Saúde da Ladeira. É importante que a população tenha essa consciência, a vacina está com eficácia comprovada e a gente segue protegendo a nossa sociedade”, reforçou o secretário. 

Seguindo o que pede a campanha, Suzane dos Santos Lima, de 59 anos, foi até a unidade da Ladeira Cunha e Cruz, atrás da dose de reforço. Ao receber a vacina, ela resumiu o momento como “gratidão, tranquilidade e esperança”.

Anderson Gallo/ Diário Corumbaense

Suzane ao receber a vacina, resumiu o momento como: “gratidão, tranquilidade e esperança”

“Vim logo que soube que estava liberado. Primeiramente, agradeço à deus a oportunidade, é um momento importante diante de tudo que vivenciamos esse ano, isso é vida, é saúde, para nós e nossa família”, explanou Suzane.

Em memória da irmã, que perdeu a batalha para o vírus há um ano, Mara Regina da Silva Santos, de 59 anos, estava satisfeita em estar recebendo a dose reforço. Para ela, o tempo é imprescindível.

“Não podemos perder tempo, ainda mais que perdi minha irmã, não posso perder essa oportunidade dada para todos nós. É um momento de mais segurança, mas nem por isso temos que deixar de nos cuidar, ou seja, seguir todas as recomendações de biossegurança, que é fundamental. Por mais que estejamos imunizados, temos que nos cuidar. Esse momento é uma homenagem à memória da minha irmã que infelizmente não teve a oportunidade de receber a vacina”, falou Mara.

Janssen

Quem recebeu uma dose da vacina Janssen, até então considerada dose única (DU), passará a receber a segunda dose (D2) do mesmo imunizante a ser distribuído pelo Ministério da Saúde, com dois meses de intervalo entre as aplicações. Após completados 04 (quatro) meses da aplicação da segunda dose (D2), deverá ser administrada a dose de reforço, preferencialmente, da plataforma de RNA mensageiro (Pfizer/Wyeth).

Corumbá tem 35.874 pessoas com mais de 18 anos que tomaram a segunda dose até 16 de julho e que devem receber o reforço. É necessário levar o cartão do SUS, documento de identificação pessoal, e cartão de vacinação.

A imunização prossegue também para quem ainda não tomou a primeira e segunda doses. 

Confira os pontos de vacinação com programação válida até sexta-feira (19):

- Centro de Saúde da Ladeira
Das 07h às 16h

- Drive Thru (somente para carros ou motos)
Das 08h às 16h (Poliesportivo da Porto Carrero)

-Unidades Básicas de Saúde da Família abertas 08h às 11h:

Ranulfo Vasconcelos
Padre Ernesto Sassida
Nova Corumbá
Bonifácio Tiaen
Popular Velha
Luis Fragelli
Gastão de Oliveira
Walter Victório
Rosimeire Ajala (Beira Rio)
Pedro Paulo 2
Humberto Pereira

-Unidades Básicas de Saúde da Família abertas no período noturno:

Lúcia Maria - das 17h às 21h
Breno de Medeiros - das 18h às 22h

Atenção: esse cronograma de vacinação vai até sexta-feira, 19 de novembro, quando a Saúde Municipal deve divulgar nova programação. 

PUBLICIDADE