PUBLICIDADE

Polícia Civil detém funcionário de empresa que disse ter sido roubado; não houve assalto

Leonardo Cabral em 13 de Setembro de 2021

Divulgação/Polícia Civil de Corumbá

Quantia foi recuperada e Polícia Civil deteve funcionário que fez falsa comunicação de crime

Dinheiro que era para pagar funcionários de uma empresa e que foi supostamente roubado por dupla armada com revólver no dia 09 de setembro, foi recuperado pela Polícia Civil, totalizando o valor de 2.700,00 dólares, o que equivale a mais de R$ 14 mil na cotação atual. O dinheiro com o próprio funcionário, de 45 anos, que registrou boletim de ocorrência de que teria sido roubado na região central de Corumbá.

O caso foi esclarecido após investigação do Setor de Investigações Gerais da 1ª Delegacia de Polícia de Corumbá. A equipe fez diligências nos locais indicados pelo homem, localizando câmeras de segurança no trajeto e, após análise de todas as imagens, ficou constatada contradição na versão do funcionário. 

Por conta disso, a equipe foi à transportadora, onde localizou o homem que registrou a ocorrência e o levou para prestar novos esclarecimentos. Interrogado e confrontado com as imagens do local do suposto roubo, ele admitiu que fez falsa comunicação de crime e que, na verdade, estava com o dinheiro. 

Ele levou os policiais até onde o dinheiro estava escondido e a quantia foi apreendida. O homem vai responder por furto qualificado e comunicação falsa de crime.

"Versão" do detido

Conforme ocorrência registrada no dia do suposto roubo (BO 3301/2021),  o funcionário da empresa de transportes, contou que pegou o carro, que era alugado de uma locadora, e seguiu com a quantia dentro de uma sacola, quando na rua América, ao entrar na rua Antônio Maria, foi abordado por uma dupla que estava em uma moto. O passageiro, apontou a arma de fogo em sua direção e disse: “passa o dinheiro”.

Depois de entregar a sacola, os dois ladrões fugiram. O homem tinha dito em depoimento que a ação foi muito rápida e não conseguiu ver a placa e nem sabia as características dos bandidos.

PUBLICIDADE