PUBLICIDADE

“Eu confio no trabalho de vocês”, diz idoso ao receber a terceira dose da vacina contra a covid-19

Leonardo Cabral em 27 de Agosto de 2021

Leonardo Cabral/ Diário Corumbaense

Vital após receber a terceira dose agradeceu à profissional de saúde

“Eu confio no trabalho de vocês!”. Foi o que falou Luinil Ramos Vital, de 83 anos, ao descer do carro para receber a terceira dose da vacina contra o coronavírus, no drive thru da Porto Carrero, nesta sexta-feira, 27 de agosto. Ele se referiu ao trabalho dos profissionais de saúde e os homenageou por meio da vacinadora Ana Maria Ribeiro, que aplicou a dose de reforço.

Animado, Luinil, que fez questão de dizer que é mais conhecido como Vital, classificou o momento como esperança. “É um momento feliz. Assim que soube, vim logo garantir a dose, o quanto de proteção que a gente tiver é melhor. Confio no trabalho desses profissionais que estão aqui fazendo um bom trabalho”, falou Vital, foi acompanhado da esposa.  

Leonardo Cabral/ Diário Corumbaense

Carlos Nolasco, de 91 anos, também recebendo a dose de reforço

Todo entusiasmado também estava Carlos Candia Nolasco, de 91 anos. Junto com a filha e o genro, ele foi receber a terceira dose da vacina. “Saúde e vitória. Jesus na área, na vida de todos nós. Um momento bastante feliz por chegar até aqui”, explanou. A filha, Zaine Silva, comentou sobre o momento com o pai. “Muito especial e importante”, frisou.

De dentro do carro, Geraldo José da Silva, de 88 anos, que estava na companhia da filha, disse estar ótimo, para receber a terceira dose. “Isso aqui representa saúde, alegria”, contou. Já a filha, Neide José da Silva, estava feliz ao ver o pai tomando a dose. “É uma vitória chegar até aqui. Zelo pela saúde dele e os cuidados são triplicados”, completou Neide, que infelizmente perdeu a mãe para a covid.

Leonardo Cabral/ Diário Corumbaense

Geraldo José da Silva, de 88 anos, foi acompanhado da filha

“Perdemos a minha mãe há alguns meses. Foi um momento de muita dor. Por isso, os cuidados são mais que redobrados com o meu pai, mesmo agora, reforçando a imunização", completou.

Emoção

Mesmo com o foco na terceira dose para idosos, muitas pessoas ainda estão em busca da D2, principalmente da Astrazeneca e da Pfizer.

Entre elas, Jorge Vila Galeano, que fez questão de trazer o filho, Jorge Canavarros, de 22 anos, para ser imunizado. Ficou muito emocionado ao ver o filho receber a vacina. “Ele é meu único filho e fiz questão de trazê-lo até aqui. Espero que os outros pais e os jovens cumpram com essa obrigação para a segurança da família”, disse com lágrimas nos olhos.

Leonardo Cabral/ Diário Corumbaense

Pai ficou emocionado ao ver o filho recebendo a vacina

O filho, Jorge Canavarros, descreveu o momento como esperança: “aqui tomando a dose, para que tudo logo volte a normalidade”, falou. 

A terceira dose

A Secretaria de Saúde de Corumbá começou a aplicar a terceira dose de vacina contra a covid-19 em idosos na quinta-feira (26). Os primeiros a receberem a dose de reforço, da Pfizer, foram 58 idosos do Asilo São José. O Ministério da Saúde liberou a nova dose do imunizante para idosos que tomaram a D2 há mais de seis meses.

Nesta sexta, foi aberta a vacinação da dose de reforço para pessoas acima de 80 anos. A vacinação é por faixa etária, conforme o recebimento dos lotes. Além dos idosos, profissionais de saúde também receberão a dose de reforço nesta etapa. 

PUBLICIDADE