PUBLICIDADE

Prefeitura destaca necessidade de cautela e mantém toque de recolher em Corumbá

Rosana Nunes em 23 de Agosto de 2021

Anderson Gallo/Arquivo Diário Corumbaense

A partir desta segunda, toque de recolher é da zero hora às 05h

A Prefeitura de Corumbá vai manter, por tempo indeterminado, o toque de recolher no município. É o que determina o decreto nº 2.648 de 23 de agosto de 2021, publicado na edição desta segunda-feira do DIOCORUMBÁ

O Governo de Mato Grosso do Sul acabou com a medida que limita o trânsito de pessoas em horários específicos, desde esta segunda (23), mas os municípios têm autonomia para legislar sobre o assunto, dependendo das particularidades locais.

O decreto, assinado pelo prefeito Marcelo Iunes, determina o toque de recolher, a partir de hoje, da 00h às 05h. O documento destaca "a necessidade de cautela no presente momento, tendo em vista que, embora seja verificada redução na taxa de ocupação de leitos e na curva de contágio como consequência da vacinação, existem novas variantes virais circulando, sem resposta conclusiva dos órgãos especializados sobre a eficácia dos imunizantes disponibilizados para as novas cepas".  

Ainda de acordo com a determinação, ficam inalterados o horário de funcionamento e capacidade de lotação estabelecidos no Decreto nº 2.627/2021, com nova redação dada pelo Decreto 2.631/ 2021, exceto bares, restaurantes e similares, que podem funcionar todos os dias até zero hora, com capacidade limitada a 50% do total; praças e equipamentos públicos, diariamente até às 22h.

Também fica permitida a prática esportiva amadora em qualquer recinto, limitada a 50% da capacidade do local, observadas as medidas de biossegurança aplicáveis à atividade.

O decreto não especifica data de vigência para reavaliações periódicas das medidas de biossegurança. 

Números da covid-19 em Corumbá

A cidade tem 15.408 casos confirmados do coronavírus desde o início da pandemia. Desse total, 14.915 pessoas se recuperaram; 93 estão em isolamento domiciliar e seis internadas. A taxa de ocupação de leitos na UTI Covid da Santa Casa é de 33%.

Corumbá já registrou 460 mortes, com taxa de letalidade de 3%. 

PUBLICIDADE