PUBLICIDADE

Polícia do DF prende em Corumbá novo chefe da facção "Comboio do Cão"

Campo Grande News em 28 de Maio de 2021

Divulgação/PCDF

Leandro de Matos liderava a Comboio do Cão, facção criminosa do Distrito Federal

Preso nesta sexta-feira (28) em Corumbá, mais um homem suspeito de chefiar a facção criminosa Comboio do Cão, do Distrito Federal. Leandro de Matos Ferreira foi detido na cidade fronteiriça com a Bolívia por policiais civis vindos de Brasília.

De acordo com o jornal Correio Braziliense, ele admitiu ter assumido o comando do grupo criminoso após Wilian Peres Rodrigues, conhecido como Wilinha, ser preso no começo do mês passado também em Mato Grosso do Sul, mas na fronteira com o Paraguai - ele foi encontrado e detido na cidade de Paranhos.

Leandro é apontado de roubo, crime cometido no ano passado, havendo dois mandados de prisão contra ele expedidos pela Justiça do Distrito Federal. Ele chegou a ser preso recentemente, mas fugiu do Centro de Detenção Provisória do complexo da Papuda.

Além de policiais de Brasília, também participaram da ação agentes da polícia boliviana. Segundo as investigações, Corumbá era usada como ponto estratégico para a entrada de armas e drogas na operacionalização do Comboio do Cão.

Agora, preso novamente, Leandro deve voltar a cumprir pena pelos crimes anteriores e pelos novos, incluindo furto, receptação, roubo, tráfico de drogas, prática de roubo circunstanciado, emprego de arma de fogo e por integrar organização criminosa.

Wilinha 

Wilian era o chefe do grupo até ser preso em Paranhos. Ele atuava como uma espécie de atacadista do crime, fornecendo mercadorias ilícitas para criminosos no Distrito Federal, traçando também a logística para que os produtos fossem entregues. Ele estava foragido desde 2017.

PUBLICIDADE