PUBLICIDADE

Moto de militar é furtada em frente de quartel em Corumbá

Leonardo Cabral em 27 de Abril de 2021

Militar do Exército, de 18 anos, teve a motocicleta Honda CG 125 Titan, placa HSB 4668, furtada na segunda-feira, 26 de abril. Ele havia deixado o veículo em frente à sede do 17° Batalhão de Fronteira, na rua Dom Aquino, esquina com a Cáceres.

A vítima relatou que toda vez que vai trabalhar, deixa a moto estacionada no local, porém, ontem, ao sair do quartel, por volta das 17h, não encontrou a moto. Um colega, que havia deixado a motocicleta ao lado da sua, disse que o ladrão tentou levá-la também, usando uma chave falsa, danificou o miolo da partida e não conseguiu realizar o furto. 

O militar que teve o veículo furtado, disse que não havia outro dispositivo de segurança na motocicleta, apenas a chave e a trava do guidão que já vem da fábrica. Próximo ao local do furto há uma residência com câmeras de segurança que podem ter filmado a ação do ladrão.

O caso foi registrado na 1ª Delegacia de Polícia Civil (BO 1482/2021).

Comentários:

MILTON DE SOUZA CARVALHO: Em relação ao furto da moto, em frente ao 17º, penso que a responsabilidade seja do Instituição, já que eles não permitem que os militares, que estão de serviço 24h , guardem seus veículos dentro do quartel e não garantem a segurança dos mesmos fora do quartel. Fecham os portões e tudo que ocorrem em frente ao quartel fica alheio a "eles", não ficando nem um sentinela em frente que possa garantir a tranquilidade para quem está de serviço, até mesmo garantindo o sono tranquilo dos oficiais em suas residências. Juridicamente essa responsabilidade se chama...."Responsabilidade Subjetiva".

PUBLICIDADE