PUBLICIDADE

Diagnosticada com autismo aos 25 anos, Andressa vai tomar 2ª dose da Coronavac junto com a mãe

Fonte: Assessoria de Comunicação da PMC em 06 de Abril de 2021

Gisele Ribeiro/PMC

Andressa no momento em que foi vacinada nesta manhã

Seguindo o Plano Nacional de Imunização (PNI), Corumbá iniciou nesta terça-feira, 06 de abril, a vacinação de novos grupos contra a Covid-19. Além dos idosos com 63 anos ou mais, estão sendo vacinados autistas, transplantados de órgãos sólidos ou de medula óssea, portadores de anemia falciforme, síndromes genéticas com alterações cromossômicas e paralisia cerebral, todos esses com 18 anos ou mais.

Diagnosticada com autismo há 9 anos, Andressa de Andrade Pereira foi uma das primeiras a chegar no Poliesportivo Lucílio de Medeiros. Animada e bastante comunicativa, a jovem de 34 anos, comemorou a vacina, mas também foi firme ao lembrar que ainda é preciso utilizar a máscara, álcool em gel e evitar aglomerações. “Ainda não é hora de relaxar. Precisamos continuar com os cuidados”, afirmou.

Outro motivo de alegria para Andressa foi uma feliz coincidência. Ela e a mãe devem tomar a segunda dose da Coronavac no mesmo dia. “Eu tomei a primeira no domingo. Então deveria tomar a segunda dois antes dela, mas vou aguardar para que sejamos imunizadas juntas”, explicou Fátima Andrade, de 64 anos, que se emocionou com a vacinação da filha.

Gisele Ribeiro/PMC

Dona Fátima conta que filha sempre foi independente

“Ela é bastante independente, sempre foi. Tem dois cursos técnicos do Senac e também passou em um concurso aqui da Prefeitura, onde  trabalha até hoje. Agora a estou encorajando a fazer uma faculdade, vamos ver. Neste período de pandemia, é a Andressa quem tem saído mais de casa para fazer compra e pagar as contas”, disse dona Fátima, explicando que o diagnóstico de autismo da filha só foi confirmado quando ela já tinha 25 anos.

Vacinação

Todos que forem tomar a primeira dose devem realizar o cadastro no site da Prefeitura pelo link http://vacina.corumba.ms.gov.br/coronavirus/, e apresentar o laudo do especialista que ficará retido. O intervalo da Coronavac deve ser de 2 a 4 semanas após a primeira dose. Além de drive thru, no local também funciona ponto fixo de vacinação.

Os acamados, cadastrados na rede de saúde, receberão as doses em domicílio. A Secretaria Municipal de Saúde reitera que o Município está seguindo o Plano Nacional de Vacinação, e que a imunização dos grupos prioritários está ocorrendo de forma gradativa, assim que o município receber novas doses será aberto para novas idades e demais comorbidades. Informações no Núcleo de Imunização pelo telefone 3907-5425.

PUBLICIDADE