PUBLICIDADE

Separado há seis meses, homem provoca tumulto em culto ao tentar reconciliação com ex-mulher

Leonardo Cabral em 01 de Abril de 2021

Por não aceitar a separação, homem de 46 anos, foi denunciado pela ex, de 26 anos, após impedir a realização de um culto em uma igreja, por volta das 19h30, de quarta-feira, 31 de março. 

A mulher contou que está separada há seis meses, depois de descobrir uma traição do ex-marido. Desde então, os dois estavam vivendo em casas separadas, porém no mesmo terreno. Depois, ela se mudou para a casa de uma irmã. No entanto, toda vez que o ex-marido ingeria bebida alcoólica, a perturbava e ainda fazia ameaças de morte, na frente do filho dela, de nove anos, dizendo: “eu vou te matar”. 

Na noite de ontem, sabendo que a mulher frequenta a igreja, o homem foi até o local dizendo que precisava conversar e, após uma breve discussão, passou a perturbar,  impedindo a realização do culto e danificando alguns objetos da Igreja, conforme relatos da comunicante.

Ele ainda teria dito que queria voltar e diante da negativa, fez ameaças de morte novamente. O caso foi registrado como ameaça, violência doméstica e perturbação de tranquilidade (BO 1162/2021). Por temer pela sua vida, a vítima solicitou medida protetiva de urgência contra o acusado. 

PUBLICIDADE