PUBLICIDADE

Ação conjunta prende suspeito de receber "ordem" para matar agente de segurança pública

Leonardo Cabral em 05 de Março de 2021

Divulgação/Polícia Civil de Ladário

Suspeito estava em casa quando foi preso pela Polícia, que utilizou drone para chegar até ele

Ação conjunta deflagrada pelo Serviço de Investigação Geral da Delegacia de Ladário, Força Tática do 6º Batalhão da PM e a Polícia Penal, prendeu por volta das 06h, desta sexta-feira, 05 de março, indivíduo identificado pelas iniciais R. C. de C, de 19 anos. Conforme investigações, ele recebeu “ordem” de facção criminosa para matar um agente de segurança pública.

Divulgação/Polícia Civil de Ladário

Indivíduo estava em uma casa, no bairro Popular Nova

O suspeito foi preso em uma casa, localizada na rua Marechal Floriano, bairro Popular Nova. Foi utilizado um drone da Polícia Civil para mapear a área e monitorar a entrada no imóvel. Foram encontradas durante as diligências dois simulacros de arma de fogo e o suspeito foi preso. As investigações ainda continuam para apurar toda a dinâmica da ação que poderia resultar, conforme a Polícia, na morte de um agente de segurança pública. Não foi informado de qual corporação seria este agente. 

Divilgação/Polícia Civil de Ladário

Simulacros de arma de fogo apreendidos

O indivíduo, que tinha mandado de prisão expedido pela Justiça, será encaminhado ao Estabelecimento Penal de Corumbá.

A Polícia Civil informou que o drone sobrevoou o espaço aéreo mediante solicitação e autorização do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), em consonância com a legislação vigente.

A população pode denunciar, via aplicativo WhatsApp, qualquer prática delituosa pelo número 67 99668-1679. O sigilo da identidade e número telefônico são mantidos.

PUBLICIDADE