PUBLICIDADE

Prefeitura e PM atuarão com força-tarefa durante período que ocorreria carnaval

Fonte: Assessoria de Comunicação da PMC em 11 de Fevereiro de 2021

Clóvis Neto/PMC

Reunião aconteceu nesta quinta-feira

O prefeito Marcelo Iunes se reuniu na manhã desta quinta-feira, 11 de fevereiro, com o comandante do 6° Batalhão da Polícia Militar de Corumbá, o tenente-coronel, Elcio Almeida, para discutir como será a fiscalização durante o período de Carnaval.

“Vamos intensificar a fiscalização com a nossa equipe, para evitar que aglomerações aconteçam durante esses dias de Carnaval. Por isso, pedimos reforço para a Polícia Militar para que possamos inibir as pessoas que queiram aglomerar ou talvez descer a Frei Mariano com seu bloco ou turma de amigos”, explicou o prefeito lembrando que essas ações são para prevenir a saúde do corumbaense em razão da pandemia do novo coronavírus.

Segundo o comandante da PM, Elcio Almeida, o batalhão receberá reforços do Governo do Estado durantes esses dias, para que além da fiscalização conjunta com a Prefeitura, também aconteçam blitz e rondas pela cidade para coibir a criminalidade nessa época.

“Começaremos já nesta sexta-feira, dia 12. Com a ajuda da equipe de fiscalização que o Município já tem, faremos uma força-tarefa para evitar aglomeração. Queremos deixar bem claro que as pessoas que forem pegas aglomerando, tanto na rua como em casa, serão presas”, explicou o comandante Elcio, frisando que quem vir ou souber de aglomerações podem denunciar através do 190.

De acordo com o secretário Municipal de Segurança Pública e Defesa Social, tenente-coronel da PM César Freitas Duarte, "esse arrastão que será feito visitará o comércio e os possíveis locais onde podem acontecer aglomerações”.

O coordenador-presidente do Grupo de Fiscalização Integrada (GFI), Luciano Cruz Souza, lembrou que todos os donos de restaurantes, casas noturnas e proprietários de chácaras estão sendo avisados sobre as medidas que serão tomadas nesses dias de Carnaval. “Nós estamos visitando, antecipadamente, todos esses locais e entregando um ofício circular para os proprietários comunicando que se eles forem pegos serão multados e as pessoas que no local estiverem serão presas. Para que se eles forem pegos fazendo aglomeração não venham dizer que não sabiam”.

O diretor-presidente da Agência Municipal de Trânsito e Transporte (Agetrat), Lucio André Messias de Barros, informou que seus agentes também estarão nas ruas. “Nossos agentes também participarão dessa força-tarefa, intensificando as fiscalizações tanto no Centro da cidade e principalmente no Porto, pois sabemos que as pessoas costumam se aglomerar no final de semana”.

Também estiveram presentes na reunião o comandante da Guarda Municipal, Miguel Soares, e o chefe de Operações do 6° Batalhão da PM, Yuri Noguchi.

PUBLICIDADE