PUBLICIDADE

Preso ladrão que fez "limpa" em casa e tentou fugir pelo telhado de residências

Leonardo Cabral em 22 de Janeiro de 2021

Foto enviada ao Diário Corumbaense

Moradores se uniram para tentar capturar ladrão na madrugada de hoje

Moradores da rua Tenente Melquíades, antiga Primeiro de Abril, na região Central de Corumbá, vivenciaram praticamente uma “cena de novela”, na madrugada desta sexta-feira, 22 de janeiro. Uma casa foi invadida por ladrão, de 38 anos.

Ao perceberem a situação, parte dos moradores da rua saiu na tentativa de capturá-lo, ele tentou escapar pelo telhado de residências. Equipe da Polícia Militar foi acionada e após quase 02h30 de perseguição e até conversação, o ladrão foi preso. 

Ao Diário Corumbaense, uma moradora de 53 anos, que preferiu não se identificar, disse que ao chegar de viagem percebeu que a casa foi arrombada e ao entrar, para verificar, viu que vários objetos foram levados.

“Cheguei por volta das 05h, e vi que o roubo já tinha acontecido e os vizinhos estavam na rua, uns com bastão, todos atrás do ladrão que percorreu praticamente todos os telhados das casas desde às 03h. Da minha casa foram levados TV de 50 polegadas, ferramentas entre outros pertences. A casa estava mobiliada e ele fez praticamente a limpa. Foi uma cena de novela, pois o autor percorreu todas as casas até ser preso”, falou a moradora que ainda completou: “desde a chegada da PM, foram cerca de 02h30 de perseguição e conversação até que o ladrão fosse preso. Ele exigia a presença de um advogado”, relatou.

Foto enviada ao Diário Corumbaense

Momento em que ladrão foi preso após horas de resistência

Conforme informações do boletim de ocorrência 290/2021, registrado na Delegacia de Polícia Civil, o indivíduo foi flagrado no telhado de um imóvel e os objetos furtados estariam numa residência abandonada que fica nos fundos do local. O autor, por diversas vezes foi orientado que se entregasse, desobedecendo as ordens dadas pelos pm’s e ele só foi detido quando tentou fugir e foi capturado no quintal de uma das casas. 

Ainda de acordo com o BO, o imóvel pertence a um idoso de 90 anos e uma testemunha relatou que ele, pela idade avançada, mora em Campo Grande com os filhos e que ela ficou responsável pela casa. Parte dos objetos foi recuperada, a TV de 50 polegadas não foi achada.

Não foi informado se o acusado agiu sozinho, porém, moradores acreditam que o ladrão teve a ajuda de pelo menos dois comparsas. 

PUBLICIDADE