PUBLICIDADE

Rapaz é flagrado com porção de maconha durante a Operação Ágata

Leonardo Cabral em 24 de Novembro de 2020

Enviada ao Diário Corumbaense

Ágata acontece desde semana passada e além das forças armadas, outros órgãos de segurança, como a PRF participam dos trabalhos

Indivíduo de 20 anos foi flagrado com maconha por militares do Exército Brasileiro, que integram equipe que realiza fiscalização na Operação Ágata XIII, próximo a Curva do Leque, por volta das 07h40, desta terça-feira (24). 

Ao ser abordado, foi encontrado com ele cerca de 70 gramas do entorpecente. Ao ser indagado, disse que era para uso pessoal, pois é usuário e estava levando para a fazenda onde trabalha e permaneceria pelo tempo de 90 dias.

O rapaz foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil, onde foi registrado o boletim de ocorrência 4208/2020.

Ágata

A Operação Ágata XIII, acontece desde semana passada na região de fronteira. Militares do Exército e Marinha do Brasil, integram equipes de fiscalização. Outros órgãos de segurança também participam da ação.

O objetivo principal é combater os delitos transfronteiriços na faixa de fronteira, bem como contribuir para a redução das ações do crime organizado dos grandes centros e intensificar a presença do Estado na região.

As fiscalizações são realizadas em todas as áreas de Corumbá e Ladário, principalmente as que dão acesso à região de fronteira, como no Posto Esdras, estradas vicinais e no posto de fiscalização Lampião Aceso, que fica às margens da BR-262. Militares do Exército também estão  Buraco das Piranhas e no posto da PRF, próximo a Miranda.

Desde 2017, a operação Ágata realiza uma nova formatação de atuação. Nas edições anteriores, a operação era desencadeada a nível nacional e simultaneamente em todas as fronteiras brasileiras.

Hoje, segundo o Ministério da Defesa, elas são pontuais, sem datas previstas para ocorrer e sem prazo determinado.

PUBLICIDADE