PUBLICIDADE

Quadrilha que trazia carro de locadoras para a Bolívia é presa; morador de Corumbá está foragido

Leonardo Cabral em 30 de Outubro de 2020

Divulgação/Defurv

Quatro homens e uma mulher foram presos durante a operação; mais três estão foragidos

Cinco pessoas, quatro homens e uma mulher, foram presas acusados de integrarem uma quadrilha que mandava veículo de locadoras, para a Bolívia, passando por Corumbá. Além dos cinco detidos, há mais foragidos, entre eles, um morador de Corumbá, com idade de 31 anos, que atuava como receptador, responsável por levar os automóveis para o país vizinho.

Ao todo, sete envolvidos no esquema foram identificados, com idade de 25 a 47 anos.  A prisão aconteceu após investigação e ação conjunta entre a Defurv (Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos), Polícia Rodoviária Federal (PRF), com apoio das Delegacias de Polícia Civil de Anastácio, Aquidauana e também de Corumbá.

Um homem de 32 anos, integrante do bando, foi flagrado levando um veículo marca Volkswagen, modelo TCROSS, ano 2019/2020, para a Bolívia, na BR-262. Junto com ele, outro indivíduo foi detido, identificado como motorista de aplicativo, que realizava o trabalho de “batedor”, para o condutor.

Divulgação/Defurv

Veículos apreendidos na BR-262

Por conta dessas duas prisões, outras equipes da Defurv foram ao encontro dos demais integrantes que eram responsáveis pela ocultação dos carros e a busca dos veículos em outros Estados e locações.

Foram identificados os mandantes, inclusive o receptador, morador de Corumbá, que seria o último “atravessador”, mas este e outros três integrantes estão foragidos.

Os indivíduos que já estão presos serão apresentados em audiência de custódia nesta sexta-feira (30).

PUBLICIDADE