PUBLICIDADE

Polícia de Ladário prende foragido da Justiça por latrocínio ocorrido em 2004

Leonardo Cabral em 22 de Outubro de 2020

Enviada ao Diário Corumbaense

Homem foi preso ontem (21) no Ernesto Sassida

Homem de 34 anos, foragido da Justiça, foi capturado pela Polícia Civil de Ladário, com apoio da Polícia Penal, na tarde de quarta-feira, 21 de outubro. Ele é condenado a 20 anos de prisão pelo crime de latrocínio, roubo seguido de morte.

O delegado Luca Venditto, titular da delegacia de Ladário, informou ao Diário Corumbaense que o indivíduo foi preso em uma casa, na rua pastor Siqueira, bairro Padre Ernesto Sassida, em Corumbá.

“Esse homem tinha mandado de prisão, condenado definitivamente a 20 anos, pelo crime de latrocínio consumado. Estava com mandado em aberto porque tinha parado de cumprir a pena, porém, depois de fazer diligência, realizamos a prisão dele ontem”, explicou o delegado enfatizando que a condenação dele foi em 2005, quando cumpriu parte da pena e, desde então, estava foragido.

O mandado de prisão é assinado pelo Juiz da Vara de Execução Penal do Interior, da Comarca de Campo Grande, Luiz Felipe Medeiros. O homem foi encaminhado para o presídio masculino de Corumbá.

O crime

O latrocínio foi em julho de 2004 e teve participação de três pessoas, conforme acusação do Ministério Público. Na época, a vítima, Rudney Giordano Assumção, teve o carro roubado pelo trio, que vendeu o automóvel na Bolívia. O corpo foi achado com as mãos e pés atados com uma corda, em uma área na cidade de Ladário. A cabeça da vítima estava envolta em um saco plástico.

Além do carro, os autores levaram a carteira de Rudney. Um adolescente também foi acusado de participar do crime cruel, na época. 

PUBLICIDADE