PUBLICIDADE

Errata: mulher leva ao menos 10 facadas por denunciar estupro da filha

Rosana Nunes em 11 de Outubro de 2020

Uma mulher e não um homem, de 28 anos, levou ao menos dez facadas na tarde de sábado (10), na rua República da Bolívia, bairro Aeroporto, em Corumbá. A nota enviada pela Polícia Militar à imprensa, deu a entender que se tratava de um homem, a vítima. A assessoria foi questionada pela reportagem e só aí confirmou que a vítima é uma mulher. 

Segundo a Polícia Militar, a Força Tática identificou o acusado da tentativa de homicídio, mas ele ainda não foi localizado. A mãe do autor, ainda de acordo com a nota da PM, disse que há poucos dias, a vítima denunciou o pai do agressor pelo estupro de sua filha. Ele foi preso e o homem resolveu se vingar. A PM fez buscas em endereços em que o autor poderia estar, mas não o encontrou. 

Já a equipe da Rádio Patrulha foi ao pronto-socorro e recebeu a informação de que o quadro clínico da mulher, que foi socorrida pelo Samu, era gravíssimo. As perfurações atingiram a lombar, tórax, antebraço, perna e pescoço. Ela foi internada no Centro de Tratamento Intensivo da Santa Casa.

PUBLICIDADE