PUBLICIDADE

Eleições 2020 têm maior número de candidatos inscritos que em 2016 em Corumbá

Rosana Nunes em 30 de Setembro de 2020

Arte: Ricardo Albertoni/Diário Corumbaense

Nas eleições 2020, será eleitos prefeito, vice-prefeito e vereadores

As eleições deste ano em Corumbá têm mais candidatos disputando as vagas de prefeito, vice-prefeito e vereadores que em 2016. O portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostra que quatro anos atrás, 244 nomes pleiteavam estes cargos. Em 2020, houve 261 pedidos de registro de candidaturas. A maior parte se declarou parda, casada e com curso superior completo.

Desse total, 249 tentam mandato eletivo para o cargo de vereador. Esse quantitativo dá contornos de concorrência de vestibular, com média de 16,6 candidatos por vaga. A Câmara Municipal tem 15 cadeiras para vereador. Segundo o sistema de registro de candidaturas, um candidato desistiu de concorrer ao Legislativo e já teve a renúncia homologada pela Justiça Eleitoral. As outras 12 candidaturas são para prefeito (6) e vice-prefeito (6). Todas as candidaturas ainda aguardam julgamento.


Os partidos que mais lançaram candidatos – vereador e prefeito – foram o PSL e o MDB. Cada um deles lançou 25 nomes. PDT, Podemos e PSDB aparecem logo atrás com 23 candidaturas à Câmara Municipal. A sequência de candidaturas prossegue com PP (22), PSD (21), PTB (18), PT (18), Republicanos (16), PRTB (13), PL (11), Patriota (10), PV (9) e PSOL (4). Ao todo, são 15 partidos políticos participando do processo eleitoral corumbaense.


Sexo, escolaridade, raça e ocupação


O levantamento aponta que 85 mulheres (32,6%) lançaram candidaturas este ano. Outros 176 (67,4%) são do sexo masculino. Nenhum candidato declarou uso de nome social. A grande maioria, 58,6% dos candidatos – ou 153 nomes – afirmou ser casada. Outros 81 candidatos são solteiros (31,0%); 23 são divorciados (8,81%); 3 são viúvos (1,15%) e 1 declarou ser separado judicialmente (0,38%).


Com 51 candidatos (19,54%), a faixa etária predominante é a que vai de 40 a 44 anos. Logo depois vem a de 35 a 39 anos, que tem 42 candidatos (16,09%). Na sequência aparece a faixa de 50 a 54 anos, com 39 candidaturas (14,94%). São 35 candidatos (13,41%) entre 55 e 59 anos. A faixa de 45 a 49 anos é a quinta maior com 34 candidatos (13,03%).


Depois, pela ordem, aparecem, de 60 a 64 anos com 22 nomes (8,43%); 30 a 34 anos com 17 candidaturas (6,51%); 8 candidatos de 25 a 29 anos (2,68%); 5 de 65 a 69 anos (1,92%). Com 3 cada, as faixas de idade de 21 a 24 anos e de 75 a 79 anos representam, individualmente, 1,15% do universo local de candidaturas. Dois candidatos (0,77%) estão entre 70 e 74 anos. Por fim, um candidato está na faixa de 20 anos (0,38%).


O quantitativo da cor/raça com a qual os candidatos a cargos eletivos se identificam é o seguinte: 148 são pardos (56,7%); 80 brancos (30,65%); 22 pretos (8,43%); 1 indígena (0,38%) e 10 não apresentaram informação referente a cor/raça (3,83%).


De acordo com o TSE, o grau de escolaridade indica que a maior parte – mas não a maioria – dos postulantes a cargos eletivos de Corumbá, 102 (39,08%), tem nível superior completo. Ensino médio completo foi declarado por 90 candidatos (34,48%); outros 23 declararam ter ensino fundamental completo (8,81%); 21 têm curso superior incompleto (8,05%); 12 com ensino fundamental incompleto (4,6%); 12 com ensino médio incompleto (4,6%) e 1 que apenas lê e escreve (0,38%).


A ocupação mais frequente é a de empresário. 22 candidatos (8,43%) informaram essa área ocupacional. Dona de casa foi informada por 17 nomes (6,51%); 14 são comerciantes (5,36%); 10 são professores de ensino fundamental (3,8%); 10 servidores públicos (3,83%); 8 aposentados (3,07%) e 44 candidatos declararam outras ocupações (16,86%).


PUBLICIDADE