PUBLICIDADE

Polícias Civil e Penal prendem condenado por estuprar a própria filha em 2016

Leonardo Cabral em 25 de Julho de 2020

Divulgação/ PC Ladário

Homem estava trabalhando quando foi preso

Homem de 40 anos, foi preso por policiais da Delegacia de Polícia de Ladário, da DAIJI e da Polícia Penal (Agepen), durante a operação Kravgí, na tarde de sexta-feira, 24 de julho, condenado por estupro. Ele abusou sexualmente da própria filha. A idade da vítima não foi informada.

O homem foi preso no local de trabalho, no bairro Industrial, em Corumbá.  Ele já vinha sendo monitorado pelo policiais. 

O estupro ocorreu em 2016, porém só agora houve a condenação, com pena de 12 anos, de prisão. Ele foi levado para a delegacia e em seguida, encaminhado para o Estabelecimento Penal de Corumbá, onde irá cumprir a pena.

A Polícia Civil de Ladário tem o sistema de disque-denúncia para que a população possa denunciar via aplicativo Whatsapp qualquer crime pelo número (67) 99668-1679. O sigilo da identidade e número telefônico são mantidos. 

A operação

O nome da operação, Kravgí, significa “choro” em grego, e representa o trauma sofrido pela criança.

PUBLICIDADE