PUBLICIDADE

Operação “Spider” prende acusado de matar jovem de 19 anos em Ladário

Leonardo Cabral em 24 de Abril de 2020

Divulgação/ PC Ladário

Suspeito foi preso em casa com arma e munições

Homem identificado pelas iniciais L. M. de A. S., de 29 anos, acusado de matar João Henrique Souza Justiniano, de 19 anos, foi preso durante a operação “Spider”, realizada pela Polícia de Ladário. João foi morto a tiros no dia 09 de março deste ano, no bairro Santo Antônio.

Na casa do acusado, que já tinha mandado de prisão expedido pela Justiça, os policiais também apreenderam três munições de calibre 38 intactas e um "embrulho" de papel contendo maconha. O homem foi preso e responderá pelos crimes de posse irregular de munição de arma de fogo, porte de droga para consumo pessoal, e pelo crime de homicídio qualificado, que tem pena de 12 a 30 anos de reclusão. A Polícia Civil tem prazo de 10 (dez) dias para encerrar a investigação.

“Sempre é bom ressaltar que já está implementado o sistema de disque denúncia em Ladário. A população pode denunciar via aplicativo WhatsApp qualquer prática delituosa pelo número (67) 99668-1679. O sigilo da identidade e número telefônico são mantidos", reforçou o delegado titular de Ladário, Luca Venditto Basso.

O caso

João Henrique Souza Justiniano, de 19 anos, morreu após ser baleado na noite do dia 09 de março. Ele estava em frente de sua residência, na companhia de sua esposa e de um adolescente, na rua Dom Aquino, esquina com a Corumbá e Afonso Pena, bairro Santo Antônio, em Ladário, quando dois homens, em uma motocicleta, chegaram e realizaram os disparos.

Reprodução Facebook

João Henrique estava em frente de sua casa quando foi atingido pelos tiros

A vítima foi baleada na região do pescoço, rosto, antebraço direito e no lado esquerdo do tórax, conforme o boletim de ocorrência 1451/2020, registrado na Delegacia de Polícia Civil na época.

Os autores fugiram em seguida e João Henrique foi levado em um veículo particular para a Estratégia de Saúde da Família (ESF) do bairro Almirante Tamandaré, mas não resistiu aos ferimentos.

Equipe da Polícia Militar atendeu a ocorrência e em conversa com testemunha, foi informada que os dois homens estavam em uma moto, de cor vermelha. Eles chegaram e o garupa desceu em direção a João Henrique e fez os disparos. 

PUBLICIDADE