PUBLICIDADE

Brasileira tenta atravessar a fronteira a pé com mala “recheada” de cocaína

Leonardo Cabral em 19 de Março de 2020

Divulgação/Receita Federal

Droga estava escondida dentro da mala que a mulher carregava ao passar pelo Posto Esdras

Brasileira de 39 anos, foi presa por tráfico de drogas às 21h, de quarta-feira, 18 de março, quando tentava atravessar a pé, a fronteira entre Brasil e Bolívia. Ela foi abordada pela equipe da Receita Federal e da Polícia Militar que faz plantão no Posto Esdras. Ela estava com uma mochila nas costas e uma mala nas mãos, pareceu estar nervosa e com pressa, o que chamou a atenção da fiscalização. 

Durante a revista na bagagem, a equipe percebeu uma costura diferente nas laterais na parte interior da mala. A linha foi puxada e logo apareceu um tablete envolvido em fita preta. Ao perceber que havia sido flagrada, a mulher saiu correndo, mas foi alcançada e detida pelos policiais militares.

No total, foram encontrados quatro tabletes de cocaína, nas laterais da mala, em fundos falsos. A pesagem totalizou 3 quilos 185 gramas.

A mulher, que já foi presa por tráfico de drogas, segundo a Receita Federal, disse que tem um namorado na Bolívia e que ele "emprestou" a mala para que voltasse ao Brasil com roupas e pertences. Ela afirmou que "não sabia" do entorpecente.

Ela e o entorpecente foram levados para a Delegacia da Polícia Federal de Corumbá. 

PUBLICIDADE