PUBLICIDADE

PM apreende duas carretas que seriam levadas para a Bolívia

Leonardo Cabral em 02 de Dezembro de 2019

Divulgação

Scania estava em um estacionamento da cidade

Duas carretas uma Volvo, de cor branca, placas MIC 7940 Blumenau/Santa Catarina e uma Scania, placas IUF 6567 de Jaborá - Santa Catarina, foram apreendidas em locais diferentes na madrugada de domingo, 01 de dezembro. Um homem de 34 anos, foi detido pela equipe da Força Tática da Polícia Militar de Corumbá, com apoio de pm’s, que ficam de plantão no Posto Fiscal da Receita Federal, na fronteira com a Bolívia

Conforme o boletim de ocorrência 6425/2019, o homem foi preso em flagrante ao tentar atravessar a carreta Volvo para a Bolívia. Ao ser questionado na barreira policial, ele informou que veio da cidade de Paulínia/SP, após ter sido contratado por um indivíduo para vir até Corumbá com a carreta Scania e receberia R$ 3 mil pelo "serviço".

O detido apresentou nervosismo após ter sido exigido dele o documento obrigatório do veículo e o documento Manifeste Internacional de Carga, mas ele não portava a documentação e revelou que a carreta Volvo lhe foi entregue em um lugar  conhecido como “Vinte e Um”, por um rapaz que estava em um carro de cor verde, que disse à ele para que deixasse a Scania no local e seguisse com a Volvo até o país vizinho e não entregou nenhum documento que estava sendo exigido pela equipe policial na fronteira.

Divulgação

Carreta Volvo foi apreendida no posto Esdras

No entanto, algumas horas depois da abordagem, um taxista entregou uma documentação que supostamente seria da carreta Volvo a mando de uma mulher que informou que seu marido estava na cidade e que ele estaria retido no posto fiscal devido à falta de documentação. Por conta da situação, os pm’s perguntaram ao homem de 34 anos, se ele veio para Corumbá com a esposa e ele disse que não.  

Ele foi levado para a Polícia Civil e os policiais militares foram até o lugar conhecido como “Vinte e Um”, e lá encontraram a carreta Scania, que conforme o homem, também seria levada para a Bolívia. A equipe da Força Tática foi recebida por um homem que se identificou como zelador do local. A carreta estava estacionada e trancada e foi confirmado que havia um boletim de ocorrência registrado no Acre pelo proprietário da Scania.

Diante da situação, o delegado plantonista determinou que os policiais retirassem a bateria da carreta, dificultando assim, que terceiros retirassem do estacionamento. O caso ainda está sob investigação.

PUBLICIDADE