PUBLICIDADE

Parceria entre ACLAA e empresa possibilita castração de gatos em Corumbá

Leonardo Cabral em 16 de Setembro de 2019

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Ação visa reduzir número de gatos soltos nas ruas

Parceria firmada entre a ACLAA (Associação Corumbaense e Ladarense de Apoio aos Animais), uma clinica veterinária e rede de supermercados (Atacado Fernandes), vai possibilitar a castração de gatos em Corumbá e Ladário. A assinatura do contrato foi na última semana.

A intenção é dar início ao processo de castração após o dia 20 de setembro e os trabalhos deverão ter continuidade até dezembro, segundo informou ao Diário Corumbaense, a secretária da ACLAA, Valéria Curvo.

“Firmamos essa parceria, que tem uma importância muito grande para as nossas cidades, pois reflete diretamente na saúde pública e também na dos animais. Queremos iniciar o processo ainda este mês e isso só foi possível graças ao proprietário da empresa que se sensibilizou com a situação, nos procurou e firmou esse apoio”, disse Valéria, que ainda chamou a atenção para que outras empresas tomem reforcem a iniciativa.

“É preciso que outros empresários possam ter esse olhar. A castração não só previne a proliferação desses animais, mas também doenças que são contagiosas entre os próprios gatos e também ao homem. Por isso se cada um fizer um pouco, já estará fazendo muito”, observou.

A ACLAA é quem fará a triagem de famílias que têm muitos animais e não têm condições de pagar a castração. Uma vez escolhida, será dado o vale-castração e o gato será levado à clínica veterinária para realizar o procedimento.

“Não será simplesmente feita a castração e pronto. As famílias terão que ter responsabilidade sobre os animais. Uma vez feito o trabalho pelo médico veterinário, o proprietário do gato firmará um termo em que se responsabiliza pelo pós-operatório, como a alimentação e medicamentos do seu animal de estimação”, alertou Valéria Curvo.

Responsabilidade social

Divulgação

Valéria Curvo e Genise Assad de Paula, representantes da ACLAA, assinando termo de parceria com o empresário Rubens Fernandes

Após os quatro meses de trabalho em 2019, o projeto de castração poderá atender as demandas durante todo o ano de 2020, dependendo das parcerias. “Por isso, é importante que os nossos empresários tenham essa responsabilidade social com a saúde pública também, assim como os governantes. A mesma empresa que nos apoia agora, já disse que pretende continuar com o projeto”, disse a dirigente da ACLAA.

“A castração representa uma melhoria na qualidade de vida da população e até mesmo dos animais. É a única forma de controle de natalidade desses gatos soltos nas ruas, que podem causar acidentes e até mesmo transmitir doenças”, completou.

O telefone de contato da ACLAA é o (67) 99974-8382.

Dezembro inicia em Ladário

O MPE (Ministério Público Estadual) destinou o valor de R$ 30 mil ao projeto da ACLAA para a castração de cães e gatos na cidade de Ladário. O repasse foi feito a Ong, em julho deste ano, através da Polícia Militar Ambiental (PMA), que é o órgão fiscalizador da ação.

O projeto, além da 2ª Promotoria de Justiça de Corumbá, é realizado em parceria com o Grupo Veterinário Na Estrada e Prefeitura de Ladário e atenderá principalmente animais de famílias carentes daquela cidade. Os recursos repassados pelo MPE à ACLAA, são de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), ou seja, de multas aplicadas pela promotoria. O dinheiro vai cobrir os gastos do projeto que tem como valor total R$ 58.395,30. A ACLAA, além dos R$ 30 mil, receberá mais R$ 7 mil, pagos em duas parcelas e outras 20 parcelas de R$ 1.250,00.

Comentários:

Sandra Reis: Nossa maravilha Deus abençoe a todos eu tenho 2 gatos e 1 gata adotei os 3 o problema é que não consigo segurar eles em casa como seguro a cadela então vai ser uma maravilha se eu conseguir castrar ela pq dou o anticoncepcional mas tenho medo dela ficar doente

PUBLICIDADE