PUBLICIDADE

Grupo é preso por receptação de carreta que teria como destino a Bolívia

Leonardo Cabral em 02 de Setembro de 2019

Dois homens de 26 e 37 anos e mulheres de 43 e 42 anos foram presos pelo crime de receptação no domingo, 01 de setembro. Eles tentavam atravessar uma carreta de cor vermelha e o reboque, com registro de roubo, em Santa Catarina, mediante cárcere privado, para a Bolívia.

Os policiais foram informados que os dois homens e a mulher de 43 anos estavam em um carro, de cor prata, em um estacionamento, onde estava a carreta, localizado na BR-262. Durante a averiguação, o trio foi localizado.

A mulher acabou revelando que foi contratada por um homem para atravessar o caminhão e pelo serviço receberia o valor de R$ 2 mil. Ela ainda autorizou a equipe da PM a ver todas as conversas e negociações com o suposto contratante, mostrando ainda conversas e negociações com um boliviano que compraria o veículo roubado.

Porém, a carreta e o reboque ficaram no pátio de um estacionamento na BR 262 próximo ao anel viário, porque o veículo estava com problemas mecânicos e passaria por reparos para ser atravessada para a Bolívia nesta segunda feira (02).

Os acusados foram levados para o Distrito Policial, onde então, a equipe policial constatou que havia mais dois envolvidos no caso. Eles também foram detidos, incluindo uma mulher de 42 anos. Ela confessou ter envolvimento no esquema de roubos e furtos de veículos e que pelo o serviço de “olheira” receberia a quantia de cem reais por veículo roubado/furtado que passasse por estrada vicinal. 

PUBLICIDADE