PUBLICIDADE

Detidos com R$ 11 mil, homens confessam venda de carros de locadoras para a Bolívia

Leonardo Cabral em 27 de Agosto de 2019

Foto enviada ao Diário Corumbaense

Dupla confessou que atravessou outros carros para a Bolívia ao ser flagrada com R$ 11 mil

Homens identificados pelas iniciais, R.L.S., de 24 anos e M.R.S., de 23 anos, foram presos na manhã desta terça-feira, 27 de agosto, no Posto Esdras, na fronteira de Corumbá com a Bolívia, com R$ 11 mil em dinheiro. Policiais militares que estavam de plantão no local pediram apoio à guarnição da Força Tática e a dupla acabou revelando que o montante era da venda de um veículo Fiat Toro, de cor branca, placas QUJ-0906 de Minas Gerais, que foi levado para o país vizinho. A caminhonete, segundo os detidos, era de uma locadora e essa não foi a primeira vez que eles atravessaram carros furtados para a Bolívia. 

Ao apreenderem os aparelhos celulares dos dois indivíduos, os policiais encontraram mensagens com inúmeras conversas sobre outras transações de veículos, que tiveram como destino o país andino, como de outra caminhonete Fiat Touro, de cor branca, placa QPT-0174 de Belo Horizonte, que já havia sido atravessada. O carro também era de locadora. 

O homem de 24 anos revelou que após passar a caminhonete para o lado boliviano, procurou a Delegacia de Polícia de Campo Grande e relatou que o veículo havia sido roubado e registrou boletim de ocorrência. 

Uma das locadoras informou aos pm's que em nome de R.L.S., também havia a locação de um Peugeot/208 Active, prata, placas de Belo Horizonte que não foi devolvido. O autor acabou confessando que o carro está mesmo com ele e que ficou guardado na casa de um "amigo" em outra cidade. Os dois homens foram presos e encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil. O caso foi registrado por meio do boletim de ocorrência 3201/2019, o qual o Diário Corumbaense teve acesso. 

PUBLICIDADE