PUBLICIDADE

Após furto de fios e até de lâmpadas, luz já foi restabelecida no terminal do Transbordo

Leonardo Cabral em 14 de Maio de 2019

Foto cedida ao Diário Corumbaense

Lâmpadas também haviam sido furtadas e já foram repostas

O furto de fios elétricos vem deixando as autoridades de Corumbá preocupadas. O último caso registrado na cidade, um tanto ousado, foi a do Transbordo Municipal, no centro da cidade, que ficou às escuras nesta segunda-feira, 13 de maio, porque a fiação foi furtada provavelmente na madrugada de ontem. Nesta terça-feira (14), a luz foi restabelecida.  

Em entrevista ao Diário Corumbaense, o diretor da Agência Municipal de Trânsito e Transporte, Alexandre Vasconcellos, disse que ainda não é possível calcular o prejuízo, salientou que essa prática de crime é comum e, querendo ou não, quem paga é a população.

“Uma equipe está fazendo o levantamento do prejuízo e já conseguiu identificar de que ponto o ladrão conseguiu realizar o furto. No entanto, não temos valores, mas sabemos que foi muita coisa levada”, explicou o diretor. Ele também ressaltou que devido à situação se tornar quase corriqueira, algumas medidas nas ruas foram tomadas para evitar este tipo de crime.

Foto enviada por leitor

Transbordo ficou às escuras na noite de ontem

“Antes os fios dos semáforos eram embutidos no chão, com isso os prejuízos eram certos, pois a fiação era furtada, causando transtornos ao Município, por se tratar de crime e depredação ao Patrimônio Público, e para a população que ficava em risco devido ao não funcionamento desses sinais. Mas agora, toda a fiação é aérea e isso dificulta a ação desses ladrões", afirmou. 

Em relação ao furto ocorrido no Transbordo, a Agetrat vai pedir à Guarda Municipal reforço no local no período noturno. "Essa prática vai persistir enquanto tivermos receptadores para este tipo de crime”, frisou Alexandre Vasconcellos lembrando que em Corumbá, muitos presos que cumprem regime semiaberto estão nas ruas com as tornozeleiras eletrônicas e isso acaba aumentando ainda mais a criminalidade na região.

Fotos cedidas a este Diário

Mesmo correndo riscos, alguns usuários ficaram no escuro até a chegada dos coletivos

O gerente da Viação Cidade Corumbá, Youssef  Younes, informou que além da fiação elétrica, lâmpadas também foram levadas. “Uma equipe já estava no local trabalhando desde ontem para solucionar o problema da falta de energia no Transbordo, que teve a luz restabelecida na manhã de hoje. Observamos que além da fiação elétrica, lâmpadas foram levadas. É uma situação que causa prejuízos aos cofres públicos e também coloca em risco a segurança dos usuários do transporte público”, disse Youssef.

Quem furta se arrisca e ganha pouco

Sabe-se que para neste tipo de crime, as pessoas que furtam os fios e cabos são as que mais se arriscam, pois correm risco de morte se levarem um choque elétrico e ao mesmo tempo são as que menos lucram, já que revendem a preço baixo, sendo que o receptador é quem mais lucra ao fazer a revenda.

Grande parte desses fios à base de cobre, geralmente são furtados e revendidos diretamente a proprietários de ferros-velhos, que se flagrados com os produtos furtados, podem ser presos por receptação.

PUBLICIDADE