PUBLICIDADE

Em eleição do PSDB, lideranças destacam união para pleito de 2020

Campo Grande News em 04 de Maio de 2019

Fernanda Palheta/Campo Grande News

Sérgio de Paula, presidente do PSDB em MS, discursa em convenção

O discurso na eleição do diretório do PSDB de Mato Grosso do Sul, neste sábado (04), foi em torno da união e fortalecimento, culminada no consenso em torno do nome de Sérgio de Paula, eleito presidente do ninho tucano em MS, para o pleito de 2020.

“A demonstração é de maturidade que foi da Rose [Rose Modesto, deputada federal pelo PSDB] e Beto [Beto Pereira, também do partido e deputado federal], do Sérgio e dos demais, que foram buscar consensualmente formar uma chapa. Porque o diretório não é feito só pelo presidente e a missão maior é o fortalecimento, porque se fortalece as bases, fortalece o partido”, afirmou o governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

Para o governador, o pleito do ano que vem – quando serão eleitos vereadores e prefeitos – será diferente “pela primeira vez”, uma vez que não será permitida a formação de coligação proporcional. Justamente por isso, as siglas partidárias terão de estar "organizadas e estruturadas".

“A responsabilidade é enorme. Com a grandeza do Beto e da Rose em trazer o consenso para o partido é muito grande minha responsabilidade. Tenho aval do governador, dos deputados estaduais e federais. Com as nossas lideranças eu tenho certeza que vamos crescer em qualidade e quantidade”, disse Sérgio de Paula, presidente estadual da sigla e secretário especial de Articulação Política do Governo do Estado.

O deputado Beto Pereira, que deixa o comando do PSDB, disse que o ninho tucano está “em boas mãos” para a eleição do ano que vem. “Ele tem um passado e legado para a história do PSDB”.

Sérgio de Paula assume o partido com 39 prefeitos, 163 vereadores, 14 vice-prefeitos, além de uma bancada estadual com cinco representantes e mais três deputados federais em Brasília. Além disso, está no comando da Câmara Municipal de Campo Grande e da Assembleia Legislativa.

Nova diretoria estadual do PSDB

A composição da diretoria do PSDB em Mato Grosso do Sul para o exercício de 2019 a 2021 tem o ex-senador Ruben Figueiró como presidente de honra. Ao lado do novo presidente, Sérgio de Paula, a diretoria terá Paulo Correa, Geraldo Resende e Marçal Filho como 1°, 2° e 3° vice-presidentes, respectivamente. Rogelho Massud assume a secretaria geral da diretoria e o presidente da Assomasul, Pedro Caravina será o secretário. Eraldo Jorge Leite e Dirceu Lazarini são tesoureiro e tesoureiro adjunto, respectivamente.

Já o governador Reinaldo Azambuja, os deputados federais Beto Pereira, Rose Modesto e Beatriz Cavassa e os deputados estaduais Felipe Orro, Onevan de Mato, serão vogais. O deputado estadual Rinaldo Modesto assume a liderança da bancada. A ex-deputada estadual Mara Caseiro, Helio Peluffo e Jonathan Barbosa são suplentes da executiva.

PUBLICIDADE