PUBLICIDADE

Regional de Corumbá prendeu 17 pessoas em operação nacional da Polícia Civil

Rosana Nunes em 24 de Abril de 2019

Divulgação

Operação envolveu todas as delegacias da Regional de Corumbá

A Polícia Civil, Regional de Corumbá, encerrou a operação, batizada de #PC27 e deflagrada em todo o País nesta quarta-feira (24), com 17 prisões, sendo 11 em cumprimento a mandados de prisão e seis presos em flagrante. Foram cumpridos ainda 10 mandados de busca e apreensão de menores de idade infratores. 

De acordo com as informações, dos flagrantes, duas pessoas foram presas por tráfico de drogas em Ladário; outras duas pelo mesmo crime em Corumbá; uma por furto e outra por lesão corporal (violência doméstica). 

Divulgação

Droga apreendida com um dos presos em flagrante na ação em Ladário

Na Regional de Corumbá, 21 policiais e sete viaturas cumpriram os mandados desde cedo. Foram policiais da DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher), DAIJI (Delegacia de Atendimento à Infância, Juventude e Idoso); da 1ª Delegacia de Polícia e da Delegacia da Polícia Civil de Ladário. 

A ação 

As Polícias Civis das 27 unidades federativas saíram às ruas para cumprimento de centenas de mandados de prisão. A Operação Nacional, teve como objetivo retirar de circulação foragidos da Justiça, que cometeram crimes graves como roubo, homicídio, estupro, participação em crime organizado, entre outros.

“Trata-se de uma ação conjunta com intuito de retirar das ruas pessoas que praticaram crimes e que precisam ser levadas à justiça para responderem por seus atos. Esta ação visa também gerar uma sensação imediata de segurança na população, além de desestimular a reincidência criminal”, afirmou o delegado-geral da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, Marcelo Vargas Lopes.

Os mandados de prisão foram expedidos pela Justiça, após trabalho de investigação. Cada uma das Polícias Civis realizou levantamento de inteligência para possibilitar o maior sucesso na operação.

O nome Operação #27 é uma referência à união e padronização de todas as Polícias Civis do país. Com informações da assessoria de comunicação da Polícia Civil/MS. 

PUBLICIDADE