PUBLICIDADE

Corumbaense empata com Sete, cai para quinto e pega o Comercial no mata-mata

Leonardo Cabral em 17 de Março de 2019

Leonardo Cabral/ Diário Corumbaense

Jogadores comemorando primeiro gol Corumbaense no primeiro tempo

O placar entre Corumbaense e Sete de Dourados terminou empatado em 2x2, na tarde deste domingo, 17 de março, no Arthur Marinho, em Corumbá. Bruno Santos e Romarinho marcaram para o Galo Guerreiro. Os gols saíram em cada etapa da partida. Antes do início do jogo, um minuto de silêncio em memória da professora Nádia Sol, assassinada pelo ex-companheiro no último dia 10 de março. O crime chocou a população da cidade. A primeira-dama e secretária especial de Cidadania e Direitos Humanos, Amanda Iunes e a coordenadora de Políticas Públicas para as Mulheres, Wania Alecrim, além de integrantes da secretaria, entraram em campo para reforçar ações de combate à violência contra a mulher. 

Com o empate na última rodada da primeira fase, o alvinegro pantaneiro caiu para a quinta colocação, uma posição a menos do que ocupava antes do início da partida. Por isso, o confronto nas quartas de final será contra o Comercial, time que leva a vantagem de dois resultados iguais. O primeiro jogo será em Corumbá.  

Leonardo Cabral/ Diário Corumbaense

Galo Pantaneiro dominou quase toda a partida, mas ficou no empate

O Corumbaense dominou grande parte da partida. O primeiro gol saiu já aos 39 minutos do primeiro tempo, após a entrada de Bruno Santos no lugar de Franklin, que se lesionou. Em um dos seus primeiros lances, Bruno não desperdiçou e mandou uma bomba sem defesa para o goleiro do Sete, depois de uma cobrança de falta e ele aproveitou a sobra.

Ainda na primeira etapa, outra substituição pelo Galo Guerreiro, saiu Wander, que machucou o pé após uma dividida, para a entrada de Madson. O Sete de Dourados empatou a partida em 1x1 no último minuto com Otacílio Neto. 

No segundo tempo, o time da casa buscava a todo momento o gol do Sete. O jogo seguiu com o alvinegro pantaneiro no ataque até os 33 minutos, quando num lançamento para a área, o zagueiro acabou colocando a mão na bola. O juiz estava na frente do lance, marcando pênalti a favor do Sete que virou o placar, com Luis Miguel.

Leonardo Cabral/ Diário Corumbaense

Romarinho foi parar dentro do gol ao empatar placar para o Carijó

O empate do Corumbaense veio seis minutos depois, aos 39 do segundo tempo. Romarinho apareceu e empatou o placar para o Galo Pantaneiro, que ainda teve mais três chances de virar o jogo até os acréscimos e apito final do juiz.  

Para o jogador Bruno Santos, autor do primeiro gol do Corumbaense, o time merecia a vitória, já que foi melhor em campo. “Fico agradecido pelo professor ter dado essa oportunidade. Entrei e consegui ajudar a equipe com um gol. Agora é pensar na semana que vem onde começa a verdade”, destacou o atleta.

Em sua melhor fase, com sete gols marcados na competição, Romarinho, “prata da casa”, disse que agora não é momento de ficar lamentando resultado. “Sabemos que fomos melhor em campo, mas é pensar na próxima fase e ir em busca de um bom resultado e a classificação”, afirmou.

Zé Humberto, técnico do Carijó da Avenida, enfatizou que a equipe tem conseguido bons resultados dentro de casa e vem se entrosando cada vez mais, tornando-se mais competitivo.

“Isso foi possível ver durante as partidas. Temos que melhorar o último passe com a finalização para o gol. Tomamos a virada e fomos atrás e conseguimos empatar novamente, mostrando que o grupo vem se entregando, dando o seu melhor para conseguir bons resultados. Agora é focar no Comercial e ajustar para o confronto e ir em busca da próxima fase”, disse Zé Humberto.

O Corumbaense terminou a primeira fase em 5° lugar na tabela de classificação. Ao todo, o time somou 18 pontos, com cinco vitórias, três empates e três derrotas e 55,5 % de aproveitamento.

Como ficam os confrontos no mata-mata

Com os resultados dos jogos deste domingo, os confrontos para as quartas de final são: Operário x Serc / Águia Negra x Costa Rica / Sete de Dourados x Aquidauanense / Comercial x Corumbaense. Os rebaixados foram: Operário de Dourados, Novo, União e Urso.

Na quarta-feira (20) o Tribunal de Justiça Desportiva ainda julga o Aquidauanense por escalação irregular de jogador. Mesmo que seja punido o time de Aquidauana, com 18 pontos, não fica fora da próxima fase. Mudaria o adversário, que seria o Operário de Campo Grande. Além disso, o Sete enfrentaria o Costa Rica e Águia Negra pegaria a Serc.

Os confrontos das quartas serão no próximo final de semana, mas a Federação de Futebol ainda não confirmou data e horário. 

Comentários:

Enesio Messias de Oliveira Filho : Como o futebol de ms infelizmente é dirigido por um incompetente, é de se duvidar se não houve acerto no jogo do comercial para ganhar de oito ..pense bem oito gols..é muito extranho..campeonato sem nenhuma credibilidade..

Ademílson Baptista da Silva: Mais uma vez o Corumbaense F.C., deixa escapar uma vitoria dentro do Artuzão, eu como torcedor, nao consigo entender como o técnico não tem uma tática de jogo de retranca, fez 1 a 0, fecha toda a equipe e joga no contra ataque, os principais atacantes, chegam na cara do gol e erram, sera que nao fazem um treino especifico de chute a gol?!, o torcedor que foi no Artuzao neste domingo, so viu chutão, e bola sendo rifada, e uma falha clamorosa do nosso goleiro, que um jogador rodado do Sete o Otacílio Neto fez o gol, com um frango do goleiro, o Corumbaense não sabe administrar quando esta em vantagem no placar, vamos torcer para q vença o Comercial aki no Artuzao para reverter a vantagem que o colorado da capital tem pelo empate, pois se continuar jogando desse jeito, nunca vamos ser campeões de novo , simplesmente estaremos servindo apenas de meros espectadores dos times da capital ou da supreen pendente equipe do Águia Negra.

PUBLICIDADE