PUBLICIDADE

Empresário e funcionários se sensibilizam e arrecadam doações para famílias ribeirinhas

Leonardo Cabral em 04 de Fevereiro de 2019

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Empresário contratou caminhão para trazer materiais arrecadados até Corumbá

A sensibilidade de um empresário de Campo Grande levou um pouco mais de esperança e qualidade de vida para famílias ribeirinhas que vivem no Pantanal de Corumbá. Tudo começou no ano passado, quando Anderson Almeida veio à cidade com outros empresários e, além das belezas naturais, conheceu e vivenciou em lugares distantes a necessidade dos ribeirinhos. Ao retornar à “correria” do dia a dia, além da natureza, de sua mente não saíam as famílias que ali vivem.

“O Pantanal não é só pesca e diversão, é ajuda ao próximo. Percebi isso durante minha viagem ao observar a necessidade das famílias, que apesar de tantas dificuldades enfrentadas, recebem os turistas com sorriso e braços abertos”, disse ao Diário Corumbaense o empresário.

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Anderson, que atua no ramo de seguros, disse que viu nas famílias a necessidade de ajudar o próximo

Ele contou ainda que ao chegar de viagem reuniu seus 240 funcionários e lançou a ideia de arrecadar roupas, kits escolares (completo) e brinquedos. Para a sua surpresa, todos abraçaram a causa. “Falei com eles e na hora todos aceitaram. Foi de fato uma força-tarefa que fizemos e resultou nos produtos doados”, contou.

Para trazer todo o material, cerca de 102 kits escolares, mais de seis mil peças de roupas e sapatos (para adultos e crianças), bem como brinquedos, o empresário utilizou um caminhão que veio de Campo Grande até Corumbá. Todos esses produtos tiveram como destino famílias do Paraguai Mirim e na região de São Lourenço, no alto Pantanal.

O empresário falou que em meio a tantas doações, funcionários se destacaram na arrecadação dos materiais e como merecimento, ele possibilitou a vinda deles até Corumbá. “Como forma de agradecer, resolvi presenteá-los como uma viagem pelo Pantanal e também a vinda deles ajudou na distribuição do que foi arrecadado”, comentou Anderson.

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Funcionários foram com empresário entregar as doações no Pantanal

Giovana Assunção Lopes, uma das funcionárias da empresa, mencionou a satisfação de participar da ação. Para ela, é um momento de ajudar o próximo sem ganhar nada em troca. “Quando o Anderson falou sobre as doações, nos reunimos e começamos a arrecadar os produtos e a recompensa é ver o sorriso dessas famílias”, disse Giovana.

Além dela, acompanharam o empresário, as funcionárias, Bianca Karine de Souza, Vitória Andressa Godoy Azevedo, Heloísa Pereira Gutierrez, Joyce Ribeiro Ferreira de Souza e Priscila Junqueira de Souza.

Parceria 

Em Corumbá, Anderson contou com a ajuda da empresária Joice Carla Santana Marques, que há anos atua no turismo na região. Ela se propôs a levar em uma de suas embarcações todos os materiais arrecadados no último fim de semana.

“O Pantanal, além de turistas, precisa de pessoas como o Anderson, que não olham apenas a natureza, mas sim, quem vive aqui. Hoje, quando se pensa em doação ou ajuda ao próximo, tem que se pensar em educação. É através daí que se possibilita conhecimento e dá a oportunidade para quem recebe de conhecer o mundo”, opinou Joice a este Diário.

Livros

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Kits escolares foram distribuídos para crianças e numa próxima vez, a intenção é doar livros

Além dos kits de materiais escolares, o empresário adiantou que, em conversa com empresários do Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo e até mesmo da Bahia, que estiveram com ele na primeira visita ao Pantanal, um novo projeto está sendo pensado. Trata-se da doação de livros.

“Está tudo acertado entre a gente e temos a intenção de juntarmos e arrecadarmos livros para essas crianças, levar conhecimento e a possibilidade de uma viagem pelo mundo por meio da leitura. Vamos fazer o que for preciso”, concluiu Anderson Almeida.

PUBLICIDADE