PUBLICIDADE

Em Corumbá, PF prende mulher de um dos narcotraficantes mais perigosos do País

Rosana Nunes em 27 de Novembro de 2018

A Polícia Federal prendeu na tarde de segunda-feira (26), em Corumbá, fronteira com a Bolívia, Letícia Ferreira Riquelme, mulher de  Jorge Luis da Silva, o "Bolão", um dos seis narcotraficantes mais perigosos do País. "Bolão" foi recapturado pela polícia brasileira em 13 de agosto deste ano, após ter sido expulso da Bolívia, onde morava e usava identidade falsa.

 

Divulgação/Polícia Federal

Traficante preso em Corumbá era um dos 6 foragidos mais procurados do Brasil

O narcotraficante estava foragido da Justiça brasileira após ter sido expedido contra ele mandado de prisão pela 5ª Vara Federal Criminal de Campo Grande, onde foi condenado a 28 anos, 4 meses e 15 dias de prisão pela prática reiterada de tráfico internacional de drogas, além de financiamento do tráfico.

 

Desta vez,  a Polícia Federal recebeu uma denúncia anônima, informando que Letícia - que estava foragida por ter um mandado de prisão expedido no mesmo processo, onde condenada juntamente com "Bolão" – estaria  transitando em um automóvel por Corumbá. Ao ser abordada pelos policiais federais, Letícia apresentou identidade falsa em nome de Alice Rios Castedo, mas acabou detida e levada para a Delegacia da Polícia Federal de Corumbá.

 

Ao delegado federal responsável, a mulher admitiu ser Letícia Ferreira Riquelme. Além do mandado de prisão anterior, ela também foi indiciada pelo uso de documento falso. Ela está presa, à disposição da Justiça. Com informações da assessoria de comunicação da Polícia Federal. 

PUBLICIDADE