Campo Grande: idosa é assassinada pelo filho com golpes de soquete de concreto

Campo Grande News em 07 de Novembro de 2018

Idosa de 77 anos foi assassinada com golpes de soquete de concreto na manhã desta quarta-feira (07) em casa do Bairro São Conrado, em Campo Grande. O principal suspeito de cometer o crime é o filho da vítima, identificado apenas como “Edson”, disseram familiares. Mãe e filho moravam juntos e o rapaz sofria de problemas psiquiátricos. O crime é a sexta morte violenta desde o começo da semana na Capital.

A vítima foi identificada como Francisca Barbosa. Segundo o neto dela, Tarsio Rodrigues Alves, 20 anos, mãe e filho teriam discutido por causa de um celular quando Edson a atacou. As  informações são de que ele a golpeou com um soquete de concreto e a esfaqueou até a morte. O neto detalha que um cachorro da casa chegou até tentar salvar a dona, porém também foi morto esfaqueado pelo acusado.

Em seguida, o suspeito jogou o corpo do cachorro na casa de um vizinho e foi até a residência de uma irmã, que mora na mesma região. Lá, ele confessou o crime e foi trancado por um cunhado em num cômodo até a chegada da polícia.

“Ele [Edson] era o único filho homem e chegou a ficar internado. Mas, minha avó pediu para tirar ele da clínica há uns 7 meses”, relata o neto Tarsio. Além disso, o jovem conta que as agressões e ameaças por parte do tio eram constantes na família.

À reportagem, o vizinho – que não quis se identificar - detalhou que desde ontem os dois brigavam. “Eu o vi amolando uma faca e dizendo que iria matar a mãe. Ela só chorava”, conta o homem.

PUBLICIDADE