Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
12 de Dezembro de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Sindicalistas invadem Assembleia e PM usa bomba de efeito moral

Campo Grande News em 28 de Novembro de 2017

Mirian Machado/Campo Grande News

Tropa de choque da PM na frente da Assembleia

Manifestantes que ficaram do lado de fora da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul invadiram o prédio há pouco. Policiais do Batalhão de Choque da Polícia Militar tentaram impedir, utilizando bomba de efeito moral e cacetete, mesmo assim parte dos manifestantes entrou no prédio.

Eles são contrários ao projeto de reforma Previdenciária, cuja votação em segunda discussão está prevista para esta manhã. Com a invasão, as grades que cercavam o prédio foram derrubadas e parte do vidro da porta de entrada foi quebrada. Agora, ninguém entra e nem sai da Assembleia. A cavalaria da Polícia Militar fez um corredor no pátio.

A Assembleia Legislativa e a Governadoria amanheceram cercadas de policiais militares nesta terça-feira (28). Alguns manifestantes dormiram dentro da sede do Legislativo estadual já prevendo que uma “tropa de choque” seria enviada à casa de leis para “controlar” protestos no dia que deputados estaduais marcaram para votar a reforma da Previdência proposta pelo Governo de Mato Grosso do Sul.

Ações e Compartilhamento
Comentários:

Helmut Martines da Silva: Bom dia! Na verdade não são só os "sindicalistas " que são contrários à essa reforma, eles são estão nos representando. Pois nós devemos e estamos trabalhando, para manter nosso estado em progresso. Afinal vivemos em uma democracia!

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE