Menu

Fale Conosco Expediente

Corumbá, MS
19 de Agosto de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Exposição “Na Batida da Onça” ensina sobre os felinos pantaneiros

Thaissa Leone em 07 de Junho de 2017

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Exposição chama a atenção sobre a vida, rotina e importância de se preservar as onças do Pantanal

Na Semana do Meio Ambiente, a Estação Natureza Pantanal abriu a exposição “Na batida da Onça”, que vai até 31 de julho e chama a atenção sobre a vida, rotina e importância de se preservar as onças do Pantanal. Promovida pela Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, em parceria com o Instituto Homem Pantaneira, a exposição conta com imagens, vídeos e jogos, que apresentam as características físicas e comportamentais dos felinos pantaneiros, assim como suas pegadas, sons, espécies, estratégias de preservação e outras particularidades.

A exposição é resultado do trabalho do médico-veterinário e pesquisador, Diego Viana, responsável pela pesquisa e de mais quatro membros do Instituto Homem Pantaneiro, que iniciaram o projeto em janeiro do ano passado na região de Miranda e na Serra do Amolar, localizada no norte de Corumbá. “O projeto começou com o objetivo de agir sobre os casos de conflito entre onça-pintada e produtores rurais. Pesquisamos, por exemplo, sobre técnicas anti-predação, como o uso de cerca elétrica para diminuir a predação de bovinos pelos felinos pantaneiros. Por causa disso, utilizamos armadilhas fotográficas para levantar dados sobre a presença de onças e da população de presas silvestres desses felinos”, explicou o pesquisador.

Características do animal são apresentadas em atividades lúdicas na Estação Natureza

Ainda de acordo com Diego Viana, a ideia de usar o projeto para a exposição partiu da necessidade de conversar a respeito da espécie e pela falta de conhecimento da população. “A nossa intenção com a educação ambiental é divulgar o conhecimento científico adquirido durante a pesquisa e também de outros pesquisadores. É uma forma de transmitir informações sobre a importância da espécie para o Pantanal, e consequentemente para o mundo todo”, contou ao Diário Corumbaense.  

Para a administradora da Estação Natureza, Ivonete Guaragni, a expectativa é de receber aproximadamente 5 mil visitantes, incluindo turistas, estudantes e moradores da região. “A exposição fala sobre os felinos pantaneiros, principalmente da onça-pintada. Além disso, trata a respeito da cadeia alimentar do Pantanal e como a onça  está no topo, se ela for extinta ocorrerá desequilíbrio ambiental”, disse. Ivonete lembrou que as pessoas têm muito medo do animal, principalmente as crianças. Por causa disso, atividades lúdicas como encenação são realizadas. “Aproveitamos também para falar de outros felinos pantaneiros, e o que podemos fazer no dia a dia para não ameaçá-los”, acrescentou sobre o histórico de onças em extinção. A onça-pintada saiu há pouco tempo da lista de ameaçados de extinção no Pantanal, mas ainda está na lista vermelha de outros biomas brasileiros.

Para todas as idades

O pequeno Daniel Wilton, de 6 anos, estudante da escola Ângela Maria Perez adorou a exposição sobre as onças. “Aprendi que existem outras espécies de felinos no Pantanal, como a onça-preta, gato do mato, gato mourisco, jaguatirica”, contou. A aluna Sofia Aparecida, de 6 anos, também da mesma escola, reforçou que aprendeu bastante durante a visita, como por exemplo, sobre roseta, nome dado às pintas pretas das onças, utilizada pelos pesquisadores para diferenciar as espécies. Ela frisou ainda sobre a importância de preservar o animal. “Não é bonito matar as onças. É importante preservar os animais”, concluiu.

Alunos da escola Ângela Maria Perez conheceram a exposição

Serviço:

Exposição “Na Batida da Onça”
Local: Estação Natureza Pantanal, na Ladeira José Bonifácio, 150 – Centro, Corumbá - MS
Data: De 05 de junho a 31 de julho
Horários: Segunda a sexta-feira, das 09h às 11h20 e das 14h às 17h20
Valor: Entrada inteira: R$ 3,00 / Meia-entrada: R$1,50 / Entrada para moradores da região: R$ 1,00
*Palestra com Diego Viana: 14 de junho, às 09h (vagas limitadas)

 

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE