Menu
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Naviraí: policial federal é suspeito de atropelar jovens e não prestar socorro

Campo Grande News em 15 de Março de 2017

Um policial federal, que não teve a identificação divulgada, é suspeito de ter atropelado três jovens com uma viatura da Polícia Federal, e ainda ter fugido do local do acidente sem prestar socorro às vítimas. O atropelamento ocorreu na segunda-feira (13), em Naviraí – município distante 366 km de Campo Grande.

Reprodução/Facebook

Everton da Silva Pessoa, umas das vítimas do atropelamento; jovem morreu a caminho do hospital

Das três vítimas, Everton da Silva Pessoa, 17 anos, morreu a caminho do hospital. Já Bianca Pessoa, de 18 anos, e uma adolescente, também de 17 anos, ficaram feridas e foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros, estando a jovem em estado grave.

O caso é investigado pelo delegado adjunto da 1ª Delegacia de Polícia Civil de Naviraí, Eduardo Lucena, que se limitou a afirmar que as investigações seguem em sigilo. Portanto, não poderia revelar a identificação do suspeito nem os detalhes do que já foi apurado sobre o acidente até o momento.

Acidente

Conforme apurado pelo Campo Grande News, as vítimas saíram de um show e seguiam pela avenida em direção ao Centro da cidade, junto com mais dois amigos, quando um carro desgovernado atropelou os três. O carro envolvido no atropelamento seria uma viatura da PF, descaracterizada, conduzida pelo policial. Além das circunstâncias do atropelamento, a polícia apura a informação de que o policial estaria embriagado.

Posicionamento da PF

À reportagem, a Polícia Federal, por meio da assessoria de imprensa, confirmou as informações apuradas e relatou que instaurou procedimento administrativa interno para saber a responsabilidade do policial no acidente, além de eventuais infrações administrativas, já que ele estaria utilizando uma viatura da PF sem autorização.

Informou, ainda, que o policial é do Rio de Janeiro e estava em uma missão na cidade do interior de Mato Grosso do Sul. A PF não informou o atual paradeiro do policial, que deve responder por homicídio culposo, lesão corporal culposa na direção de veiculo automotor, evasão de local de acidente e omissão de socorro.

Ações e Compartilhamento
Entre em contato com o autor
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE