Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
18 de Dezembro de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Numa ação com reféns, grupo explode caixas do Banco do Brasil em Campo Grande

Campo Grande News em 11 de Outubro de 2017

Marcos Ermínio/CG News

Cenário de destruição após ataque a caixas eletrônicos

Numa ação com reféns, perseguição e troca de tiros, cinco ladrões explodiram dois caixas eletrônicos do Banco do Brasil na madrugada desta quarta-feira (11). Desta vez, o alvo foi o terminal eletrônico dentro do parque de exposições Laucídio Coelho, da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), em Campo Grande.

Conforme relato dos seguranças, os ladrões chegaram às 02h20 e pularam o portão que dá acesso ao parque pela rua Américo Carlos da Costa. O grupo tinha espingarda calibre 12, metralhadora e fuzil. Um dos dois seguranças percebeu a ação e chegou a sacar a arma, mas acabou rendido junto com o colega. Eles foram amarrados e levados para a guarita.

Os ladrões afirmaram que não iriam agredi-los e somente queriam o “que era deles”. Em seguida, explodiram os dois caixas eletrônicos. Neste intervalo de tempo, outros dois homens, que passavam pelo local, foram rendidos e também levados para a guarita.

Na fuga, num Golf, a quadrilha foi abordada por quatro policiais militares da motopatrulha, que saíam da Depac Piratininga (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) e ouviram o barulho da explosão. Houve troca de tiros na esquina das ruas Tenente Aviador Pedro Correia Ducan e Paraguai.

Os ladrões deixaram o Golf, que foi apreendido, e fugiram num outro carro. A suspeita é de que ocupante de um Vectra vermelho deu apoio ao grupo. A quadrilha fugiu com um malote, mas parte do dinheiro foi apreendida.

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE