Três são presos pela PF de Corumbá por crimes de imigração

Rosana Nunes em 30 de Janeiro de 2018

A Polícia Federal de Corumbá prendeu, na madrugada desta terça-feira (30), durante fiscalização de rotina na BR-262, três pessoas acusadas por crimes relacionados à imigração.

O primeiro caso é o de uma mulher haitiana, passageira de um ônibus intermunicipal, que apresentou documento de imigração falsificada aos policiais. Ela alegou que não conseguiu autorização para a entrada no país por não possuir os documentos necessários na Bolívia e que o destino final de sua viagem seria Curitiba, no Paraná.

Em outra abordagem, uma brasileira e um homem de origem grega e residente no Brasil, foram flagrados realizando a entrada ilegal de cinco estrangeiros chineses no país. Ao ser interrogada, a mulher disse que ambos receberiam a quantia de 700 reais de cada um dos chineses para levá-los da Bolívia até a cidade de Bonito.

Segundo a assessoria de comunicação da PF, a haitiana foi autuada em flagrante  pelo crime de uso de documento falso, com pena de reclusão de 2 a 6 anos e multa. Já o casal foi indiciado pelo crime de promoção de imigração ilegal, com pena de 2 a 5 anos de reclusão, além de multa. 

PUBLICIDADE