Catedral inicia hoje programação em homenagem à padroeira de Corumbá

Lívia Gaertner em 24 de Janeiro de 2018

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Padroeira de Corumbá, Nossa Senhora da Candelária

A programação em comemoração à padroeira de Corumbá, Nossa Senhora da Candelária, começa nesta quarta-feira, 24 de janeiro, e culminará na data dedicada à santa, 02 de fevereiro. As atividades religiosas acontecem na Igreja Catedral que, apesar de estar em revitalização com recursos do PAC-Cidades Históricas, foi preparada para receber provisoriamente os fiéis durante as celebrações.

“A parte do teto, que estava avariada, e gerou interdição já foi concluída, sendo assim, a Prefeitura nos fornecerá a estrutura de iluminação, cadeiras, tudo para que ocorram as missas e os terços dentro da igreja”, explicou ao Diário Corumbaense o pároco da Catedral, padre Fábio Vieira, ao destacar que, após os dez dias de atividades religiosas, as obras serão retomadas.

A programação que começa neste 24 de janeiro, prevê às 18h15 a récita do terço, seguida às 19 horas de missa cujos convidados serão membros da Pastoral Paroquial e Prefeitura de Corumbá, uma vez que a data marca o aniversário de nascimento do ex-prefeito, Ruiter Cunha de Oliveira, falecido em novembro de 2017.

No sábado, 27 de janeiro, a imagem da padroeira percorrerá as principais ruas da cidade numa carreata que começará às 09h30, seguida da bênção dos veículos. À tarde, às 18 horas, récita do terço e confissões, e, às 19 horas, missa.

Nos demais dias até 1º de fevereiro, a programação segue com récita do terço e confissões às 18h15, seguidos de missa com início da celebração às 19 horas. A cada dia, uma comunidade ou grupo religioso é o convidado.

O dia 02 de fevereiro será dedicado inteiramente à Nossa Senhora da Candelária e a programação começa bem cedo, às 06 horas da manhã, com a alvorada festiva. Depois, às 07 horas, será celebrada uma missa para os colaboradores da festa e na sequência servido uma café da manhã comunitário. Está marcada para às 09h30 Missa Solene da Cidade com a presença de autoridades civis e militares do município. Logo após a celebração, começa a tradicional quermesse com bebidas, doces, comidas típicas e barraca da pechincha.

Ao meio-dia, a parte religiosa retorna com a realização de mais uma missa. Às 15 horas, a celebração será voltada para os enfermos. Às 18h30, na igreja de Nossa Senhora Aparecida acontece a bênção das velas e se inicia a procissão luminosa com retorno a Igreja Catedral de Nossa Senhora da Candelária. Logo após a procissão, outra missa e, desta vez, celebrada pelo bispo diocesano Dom Segismundo Martinez Álvarez e com a coroação da imagem da padroeira.

PUBLICIDADE