PMA prende dupla com mais de 250 quilos de peixe capturados na piracema

Ricardo Albertoni em 12 de Janeiro de 2018

Divulgação/PMA

Havia 255 quilos de pescado no veículo

Após levantamentos sobre suspeitos que praticavam pesca predatória na região de Porto Morrinho – distante cerca de 70 quilômetros da área urbana de Corumbá – policiais militares ambientais do Serviço de Inteligência prenderam dois indivíduos com 255 quilos de pescado. A ação aconteceu na manhã de quinta-feira, 11 de janeiro, durante um bloqueio realizado na BR-262.

Enquantos equipes fiscalizavam os rios, outros policiais faziam fiscalização por terra, nas estradas e rodovias. O flagrante aconteceu no quilômetro 764 da rodovia federal que dá acesso à Corumbá, quando os militares abordaram veículo Fiat Uno. Havia diversas espécies de peixes no carro, que além de terem sido capturados em plena piracema, quando a pesca está proibida para reprodução dos peixes, muitos estavam fora da medida permitida pela legislação e ainda com sinais de captura com redes de pesca (petrecho proibido). Eram pintados e exemplares de dourado, que tem sua captura, embarque, transporte, comercialização, processamento, industrialização e armazenamento proibidos em Corumbá por meio de Lei Municipal Nº 2.568.

Os pescadores, de 31 e 47 anos, foram presos e encaminhados para a Delegacia de Polícia Federal onde foram autuados em flagrante por crime ambiental de pesca e transporte de produto da atividade predatória. Se forem condenados, os dois podem pegar pena de um a três anos de detenção. Os infratores, que moram em Corumbá, também foram autuados administrativamente e multados em um total de R$ 11.840,00. O carro foi apreendido e os peixes, após periciados, serão doados para instituições filantrópicas.

PUBLICIDADE