Doação de câmeras ao Município amplia videomonitoramento na fronteira

Da Redação em 21 de Novembro de 2017

A Inspetoria da Receita Federal doou 192 câmeras e sensores de fumaça para a Prefeitura de Corumbá. A ação faz parte de estratégia de segurança lançada no começo do ano em parceria com a Agência Municipal de Segurança Pública (Ageseg) e outros órgãos. Com isso, a Receita pretende aprimorar a cobertura de videomonitoramento nessa região de fronteira.

Divulgação

Recebimento de doação faz parte de estratégia de segurança municipal

“Em conversa com o auditor chefe da Receita Federal de Corumbá, percebeu-se certa deficiência no sistema de videomonitoramento na região e então nos reunimos para propor medidas para melhorar essa cobertura na fronteira”, afirmou o tenente-coronel César Freitas Duarte, diretor-executivo da Agência Municipal de Segurança Pública (Ageseg).

Em diálogo com o inspetor Zaquiel Schardong Vettorello, foi constatado que em Foz do Iguaçu, Paraná, havia câmeras apreendidas e ele entrou em contato com o chefe da Receita daquela cidade, sendo possível a doação para Corumbá. “Esse material vai servir para incrementarmos o videomonitoramento nos patrimônios de propriedade do Município, como escolas, unidades básicas de saúde, praças e todos os locais em que haja interesse do poder público municipal de fazer a fiscalização para evitar a depredação”, disse Freitas.

Em contrapartida, a Prefeitura de Corumbá, através da Agência Municipal de Segurança Pública (Ageseg), vai auxiliar a Receita Federal no que for necessário, instalando câmeras onde o órgão federal precisar, por exemplo. “Temos uma equipe na Guarda Municipal especializada em manutenção, instalação e gerenciamento de videomonitoramento que vai instalar esse material em parceria com a Receita, mas, em princípio, vamos cobrir toda a nossa área pública”, afirmou o diretor-executivo da Ageseg.

O videomonitoramento realizado pela Guarda Municipal tem sido feito constantemente em parceria com a Ronda Ostensiva Municipal (Romu). Equipe de cerca de quatro agentes realiza o monitoramento 24 horas, detectando delitos, evitando crimes e auxiliando investigações, inclusive, das polícias. A atividade ajuda também na manutenção do patrimônio público, flagrando autores de depredação e frustrando atos de vandalismo. As informações são da assessoria de comunicação da PMC. 

PUBLICIDADE