De isenção do IPTU a descontos na conta de luz, pouca gente solicita

Da Redação em 17 de Novembro de 2017

O corumbaense parece estar meio alheio àquilo que realmente é um benefício e que está às sua disposição. Talvez por desconhecimento, às vezes por vergonha ou até por preguiça, milhares de pessoas deixam de requerer descontos como o que oferece a Energisa, de até 65% de abatimento na conta de luz ou mesmo a isenção completa do Imposto Predial e Territorial Urbano – o IPTU. 

Para pedir

Benefícios como esses é só ir até o órgão responsável e pedir, em alguns casos, nem precisa, é só preencher o formulário de requisição pela internet. As facilidades são tantas que não se entende porque tanta gente deixa de solicitar os descontos e as isenções.

Quem tem direito

Aos descontos na conta de energia são mais de cinco mil famílias corumbaenses. O mais correto é procurar a Assistência Social do município, lá tem gente especializada para dizer tudo e como agir. Idosos e portadores de doenças crônicas, por exemplo, que ganhem até dois salários mínimos por mês, não precisam pagar o IPTU e quem está inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais, do Governo Federal pode ter descontos na conta da Energisa. 

PMDB na berlinda

No Rio de Janeiro, três deputados estaduais, todos do PMDB, entre eles o presidente da Assembleia Legislativa (Alerj), Jorge Picciani, estão presos. Os três são acusados de participar de um esquema de corrupção que beneficiava principalmente empresas do setor do transporte coletivo.

Lá no Rio

A Alerj pode reverter a decisão da Justiça que decretou a prisão dos deputados. Esse é um fato que está deixando um espinho atravessado na garganta dos brasileiros, políticos decidirem se mantém ou não as decisões judiciais contra os seus colegas, é o cúmulo do absurdo. 

Em Mato Grosso do Sul

O ex-governador André Puccinelli e seu filho André Júnior, já foram soltos. Puccinelli que assumiria o PMDB amanhã e seria o provável candidato do partido para disputar o Governo do Estado em 2018, agora deve pensar bem a respeito do assunto. O partido adiou a convenção deste sábado, 18, para o dia 02 de dezembro, alegando “respeito a Puccinelli”.

Vídeo na internet

Por enquanto o único vídeo que vazou foi o da audiência de custódia, na parte em que o ex-governador repassa ao juiz os dados pessoais como profissão, estado civil e até as doenças que tem e os remédios que toma.

A expectativa

É de que sejam divulgados outros vídeos com as respostas de Puccinelli sobre seu suposto envolvimento em corrupção e o recebimento de R$ 20 milhões em propina. Na verdade, é isso que a população sul-mato-grossense espera ver.

(*) Detalhe é uma coluna de opinião do Diário Corumbaense que aborda os mais variados assuntos.