Comerciante registra queixa por calúnia contra vizinha

Ricardo Albertoni em 26 de Outubro de 2017

Homem de 39 anos procurou a Polícia Civil para denunciar a vizinha por calúnia. Ele relatou no boletim de ocorrência número 6268/2017 que tem comércio em um bairro da parte alta de Corumbá e a acusada mora em frente ao estabelecimento. Ele disse que frequentemente a mulher entra no estabelecimento embriagada e começa a perturbar a tranquilidade do local, inclusive o acusando de ter matado seu marido, que na verdade, segundo ele, teria cometido suicídio em 2008. O caso foi registrado na 1ª Delegacia de Polícia Civil de Corumbá como calúnia e perturbação da tranquilidade.

PUBLICIDADE