PUBLICIDADE

Com assistência de Juninho, ex-Corumbaense, Caxias vence o Grêmio

Rodrigo Nascimento em 26 de Fevereiro de 2012

O Caxias venceu o Grêmio nos pênaltis e está na final do primeiro turno do Campeonato Gaúcho de 2012. Jogando em casa, no estádio Centenário, a equipe do interior empatou com o tricolor no tempo normal com a ajuda do corumbaense Juninho. O atleta, que se profissionalizou no Carijó da Avenida, entrou aos 37 minutos da segunda etapa no lugar de Wangler. Dois minutos mais tarde, usou a jogada parada, uma de suas especialidades, para colocar a bola na cabeça de Marcos Paulo, que igualou o marcador.

O Grêmio, que estreou o técnico Vanderlei Luxemburgo, saiu na frente aos 17 do segundo tempo com o atacante Kleber. Nos pênaltis, o Caxias venceu por 5 a 4. Kleber abriu a série pelo Grêmio, fazendo 1 a 0; Mateus empatou para o Caxias; André Lima, que entrara no segundo tempo, fez 2 a 1; e Michel igualou tudo novamente; Gilberto Silva manteve o aproveitamento em 100% nas cobranças; Fabinho fez o mesmo, cravando 3 a 3 no placar da disputa.

Na quarta cobrança, entretanto, Marco Antônio foi parado pela defesa de Paulo Sérgio. E Paraná inverteu o placar: 4 a 3 para o Caxias. Fernando empatou novamente, mas o goleiro Paulo Sérgio - heroi da classificação - venceu Victor na cobrança, determinando o 5 a 4 que leva o Caxias à decisão da Taça Piratini. Com informações do Globo Esporte.com

Pé quente

Essa não foi a primeira vez que Juninho tornou-se decisivo na Taça Piratini, o primeiro turno do Campeonato Gaúcho. Nas quartas-de-final, contra o São José, ele também entrou no segundo tempo e fez, de cabeça, aos 44 minutos, o gol da vitória do Caxias por 2 a 0. Na final, o Caxias enfrenta o Novo Hamburgo, que derrotou o Juventude por 3 a 2 na outra semifinal.

PUBLICIDADE