PUBLICIDADE

Esplendor do Samba: Mocidade da Nova Corumbá e A Pesada dividem premiação

Marcelo Fernandes em 22 de Fevereiro de 2012

A terceira edição do Esplendor do Samba promovido pelo jornal Diário Corumbaense em parceria com a Liga Independente das Escolas de Samba de Corumbá (Liesco) premiou os vencedores de 2012 nesta quarta-feira, 22 de fevereiro.

Nos dois dias de desfiles, as escolas de samba do Grupo Especial e Grupo de Acesso foram avaliadas por uma comissão formada por 11 veículos de comunicação e por integrantes do comitê de avaliação do Diário e da Liesco. No Grupo Especial, a avaliação era nos quesitos Comissão de Frente; Samba-Enredo; Mestre-Sala; Porta-Bandeira; Enredo; Intérprete; Ala das Baianas; Bateria; Harmonia e Evolução. Ainda houve a escolha da melhor escola dos Grupos Especial e de Acesso. Cada quesito reunia dois indicados e cada grupo teve duas agremiações indicadas para o prêmio de melhor escola.

Johonie Midon/Diário Online

Mocidade levou quatro prêmios, entre eles, o de melhor escola do Grupo Especial

Assim como no ano passado, o Esplendor do Samba homenageou personalidades que historicamente realizam um trabalho em prol do desenvolvimento; qualificação; valorização; resgate e profissionalização do carnaval corumbaense. As homenagens foram para a ex-presidente da Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal, Heloísa Urt, falecida em novembro do ano passado, e a carnavalesca Fernanda Vanuccy, fundadora da escola de samba Mocidade Independente da Nova Corumbá. Também foram homenageados o vice-presidente da Liesco, Enilde Vital da Costa, mais conhecido como Nelson e o prefeito Ruiter Cunha.

Uma menção honrosa foi entregue aos integrantes da Comissão de Frente da Imperatriz Corumbaense, que desfilou no Grupo de Acesso no domingo, 19 de fevereiro. O reconhecimento foi em razão da riqueza cultural; ideia e concepção da ala que apresenta a escola na Avenida. A Comissão trouxe palhaços; pastorinhas; colombinas e marinheiros. Fantasias nas mais variadas cores representando o "Carnaval Cultural". Bastante descontraídos, eles trouxeram até réplica dos fotógrafos lambe-lambe em referência aos carnavais dos velhos tempos. Elementos resgatados pela ação de Helô Urt a frente da Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal.

A premiação deste ano trouxe uma novidade, a presença da Corte de Momo formada pelo Rei Momo Reginaldo Araújo Sena, mais conhecido como "Bolita"; a Rainha Geovania da Silva Jard, e as princesas Darlene Cristina Figueiredo e Kerlen de Souza Pinto. Bolita, que havia recebido a chave da cidade das mãos do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira na quinta-feira, 16 de fevereiro, para comandar a Folia corumbaense, devolveu-a para o chefe do Executivo Municipal.

Anderson Gallo/Diário Online

Rei Momo devolveu "chave" da cidade ao prefeito Ruiter

A Mocidade Independente da Nova Corumbá conquistou quatro prêmios; A Pesada ficou com três; Império do Morro ganhou dois; Marquês de Sapucaí um prêmio e Caprichosos de Corumbá que também levou um Esplendor do Samba.

O III Esplendor do Samba contou com patrocínio da iniciativa privada das seguintes empresas: Enersul, Faculdade Salesiana de Santa Teresa, Hering Original, Hotel Nacional, Viação Canarinho, Point Conveniência, site Vitrine Virtual e Letraço Comunicação.

Confira abaixo todos os premiados

Comissão de Frente
Mocidade Independente da Nova Corumbá

Samba-Enredo
Victor Raphael, Império do Morro

Mestre-Sala
Douglas, Império do Morro

Porta-Bandeira
Kássia Kosta, Mocidade Independente da Nova Corumbá

Enredo
A Pesada

Intérprete
Jaílson Marques Vera, "Cabeça", Caprichosos de Corumbá

Ala das Baianas
A Pesada

Bateria
Mocidade Independente da Nova Corumbá

Harmonia/Evolução
A Pesada

Melhor Escola do Grupo de Acesso
Marquês de Sapucaí

Melhor Escola do Grupo Especial
Mocidade Independente da Nova Corumbá

Leia também: Premiados do Esplendor do Samba destacam conquista

Leia também: Esplendor do Samba atinge "maturidade", avaliam organizadores

 

 

Galeria: Prêmio Esplendor 2012

Abrir Super Galeria
PUBLICIDADE