PUBLICIDADE

Vila Mamona vai contar 30 anos de história na Avenida

Camila Cavalcante em 19 de Janeiro de 2012

"São 30 anos da Vila Mamona no carnaval de Corumbá e isso não poderia passar em branco, são 30 anos e uma luta imensa, com muita garra e determinação para o retorno ao primeiro grupo". Assim o carnavalesco KiroPanovitch, definiu o objetivo da escola de samba, detentora de15 títulos do carnaval corumbaense e que em 2011, pela primeira vez, caiu para o Grupo de Acesso. A Vila foi a última colocada do Grupo Especial, com 172,5 pontos. Foi penalizada com a perda de 3,5 pontos por ter levado para o desfile número inferior na ala das baianas e deficiência em gerador de carro alegórico. No ano passado, a escola cantou o enredo "Abra-te, Sésamo: A águia vai voar do Oriente Médio a Corumbá", um passeio pela história e lendas do Oriente Médio, além de homenagear as famílias que de lá vieram para Corumbá.

Fotos: Anderson Gallo/Diário Online

Enredo da Vila Mamona homenageia todos que constribuíram com escola ao longo das três décadas

Em 2012, com o enredo "Vila Mamona 30 anos: arquitetando sonhos em uma usina de emoções", a nação mamonense vai contar os 30 anos de carnaval da escola em Corumbá. "Serão homenageados aqueles que participaram da história destes 30 anos, além das demais escolas de samba da cidade", disse Kiro.

A Vila Mamona está com o barracão repleto de cores e adereços, afinal, o trabalho de confecção das fantasias e adereços começou bem cedo, conforme Kiro. "Estamos trabalhando desde agosto e podemos dizer que mais da metade da escola já está pronta. Os adereços, que são os que mais dão trabalho, já estão confeccionados. A partir da próxima semana, estaremos trabalhando nos carros alegóricos".

Todos os anos, a Vila Mamona faz do Ninho da Águia o seu barracão. Esse ano, por motivo de espaço, decidiu transferir os trabalhos para o Grêmio, localizado na área central. "O espaço contribuiu para os serviços, pois temos a quadra que é ampla, onde os carros alegóricos serão preparados. O local é coberto, podemos deixar as fantasias montadas e isso facilita a observação do andamento dos serviços e do conjunto das confecções", reforçou o carnavalesco.

Já os ensaios da Vila Mamona estão ocorrendo de segunda a sexta-feira, na Avenida Rio Branco, esquina com a América, a partir das 20 horas, no conhecido "Ninho da Águia".

Foco para a Avenida

"Atrações locais". Esse é o foco trabalhado para o possível retorno da Vila Mamona à elite do carnaval corumbaense. "Em 2011, a Vila Mamona não fez um bom carnaval, ficou visível isso, porém, este ano estamos trabalhando para colocá-la no lugar onde ela sempre esteve. Sabemos que todas as escolas do segundo grupo estão na briga e acredito que a disputa é maior do que a do primeiro grupo, pois está havendo um grande investimento. A cada ano,elas trazem boas inovações, os carnavalescos se aprimoram e mostram um belo serviço", avaliou o carnavalesco.

Ao falar em destaque, Kiro disse que os carros alegóricos serão o foco da Vila Mamona. "De especial traremos as fantasias que são ricas em detalhes, além disso, considero que todo ponto forte da escola são os carros alegóricos, pois são eles que chamam a atenção e são julgados individualmente. As fantasias remeterão aos carnavais que a Vila Mamona fez ao longo desses anos. Não traremos pessoas de fora para abrilhantar o desfile, vamos contar com aquelas pessoas que estiveram presentes na vida da escola", ressaltou.

Homenagem

Como Kiro já ressaltou, o enredo da Vila Mamona homenageia todos que contribuíram para o carnaval da escola ao longo desses 30 anos."A Vila levará toda sua história no carnaval de Corumbá, desde 1.981. Para contar essa história, ela irá envolver grande parte da comunidade e um dos nossos destaques é o aderecista Benevides. Ele está na escola desde o primeiro desfile e apesar da idade, que já lhe pesa, está presente em todos os carnavais, tanto no barracão, na montagem das fantasias, dosadereços,quanto no desfile na avenida".

Com 75 anos, Benevides, homenageado especial do prêmio Esplendor do Samba em 2011, relatou que a Vila é "tudo" para ele. "Sou Vila Mamona desde sua criação, em 1.981. O primeiro desfile falou de mar, foi uma coisa muito bonita, apesar de ser simples, não havia todo o luxo que há hoje. Sofri com a queda da escola para o segundo grupo, porém, tenho fé que ela retorna ao primeiro grupo, pois merecemos. Tenho 75 anos e já me sinto cansado para estar no barracão, mas me sinto feliz mesmo é estando aqui e descendo na Avenida, vendo as fantasias que eu ajudei a confeccionar. Fiquei feliz em saber que serei homenageado nos 30 anos da escola, a minha vida se construiu na Vila Mamona", relatou Benevides Fernandes ao Diário.

Fantasias

Além das fantasias que serão vendidas,a escola reservou duas alas para serem doadas à comunidade. Os croquis das fantasias podem ser conferidos no Grêmio Esportivo de Corumbá, na ruaAntônio João, esquina com a Avenida General Rondon, ou entrar em contato com o carnavalesco Kiro pelos telefones 9928-3195 e 9201-3454.

Carnavalesco Kiro inicia trabalho com os carros alegóricos na próxima semana

No dia 19 de fevereiro, a Unidos da Vila Mamona, contando sua história na Avenida General Rondon, será a segunda a desfilar. Ela contará com uma média de 800 componentes, distribuídos em 12 alas.

PUBLICIDADE