PUBLICIDADE

Operação da PF fiscaliza estabelecimentos que contratam serviço de seguranças privados

Leonardo Cabral em 26 de Novembro de 2021

Divulgação/Polícia Federal

Estabelecimentos foram fiscalizados em Corumbá

Bares e restaurantes de Corumbá foram alvos de fiscalização da Polícia Federal, na noite de quinta-feira, 25, e manhã desta sexta-feira, 26 de novembro. A ação faz parte da Operação Segurança Legal V, que acontece em todo o território nacional.

A ação teve a finalidade de verificar se os locais se adequavam às normas para contratação de seguranças e se cumpriam os requisitos exigidos pela PF para funcionamento.

Ao todo, 15 estabelecimentos comerciais que utilizam estes tipos de serviço, como casas noturnas, restaurantes e bares, foram alvo da ação, que é executada desde 2017.

Em todo o Estado

No Mato Grosso do Sul foram fiscalizados 36 estabelecimentos, sendo 26 casas e bares noturnos, 08 comércios e 02 frigoríficos. Foram constatados serviços clandestinos, sendo lavrados autos de encerramento das atividades irregulares, além de notificações aos tomadores do serviço e autos de infração.

A PF alerta que a contratação de serviços clandestinos de segurança privada coloca em risco a integridade física e o patrimônio dos tomadores do serviço, vez que esses “seguranças” não são fiscalizados pela Polícia Federal quanto aos seus antecedentes criminais, formação, aptidão física e psicológica.

PUBLICIDADE