PUBLICIDADE

Moradores de Corumbá enfrentam fumaça e baixa umidade do ar nesta segunda-feira

Rosana Nunes em 10 de Agosto de 2020

Anderson Gallo/ Diário Corumbaense

Cidade amanheceu, mais uma vez, tomada por cortina de fumaça

A densa camada de fumaça das queimadas no Pantanal e em áreas próximas a Corumbá, encobre a região nesta segunda-feira, 10 de agosto. Com a baixa umidade do ar, corumbaenses e os moradores da vizinha Ladário, precisam redobrar a atenção com a hidratação, principalmente de criança e idosos.

Neste início de manhã, os termômetros marcam 25 graus Celsius; a máxima prevista é de 36ºC. A umidade relativa do ar está em 44 por cento e pode atingir a mínima de 15%, considerado estado de alerta e muito abaixo dos 60% recomendáveis para a Saúde.

Os próximos dias serão de grande amplitude térmica, porém o clima começa a mudar a partir de sexta-feira (14). De acordo com o Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima (Cemtec) haverá formação de instabilidades e consequentemente uma melhora nos índices de umidade relativa do ar.

"Haverá formação de áreas de instabilidades com potencial para chuva sobre as regiões pantaneira, sudoeste, sul e central. O acumulado de chuva esperado varia entre 2,5 a 25 milímetros, com a maior concentração localizado nos municípios da região sul do Estado”, aponta prognóstico que indica possibilidade de chuva entre os dias 15 a 22 de agosto no Estado. Com informações do Cemtec.

PUBLICIDADE