PUBLICIDADE

Mais brasileiros repatriados da Bolívia chegam em Corumbá

Leonardo Cabral em 08 de Maio de 2020

Diário Corumbaense

Brasileiros ao chegarem na fronteira, passam pela desinfecção antes de seguir viagem

Continuam chegando na fronteira de Corumbá com a Bolívia, mais brasileiros repatriados daquele País. Só nesta sexta-feira, 08 de maio, a estimativa é que 11 ônibus fretados desembarcaram passageiros no Posto Esdras. 

Dos oito coletivos, seis saíram da cidade de Cochabamba e cinco de Santa Cruz de La Sierra. A expectativa é que neste sábado, 09 de maio, mais cinco ônibus fretados cheguem com mais brasileiros repatriados.

Até o momento, cerca de 4,3 mil brasileiros que vivem na Bolívia já passaram por Corumbá, nesse processo de repatriação. 

Chegada na fronteira

Ao desembarcarem na fronteira, ainda do lado boliviano, os brasileiros ficam aguardando os trâmites do setor de Migração. Logo depois, a pé, eles podem cruzar o limite territorial, e são encaminhados pelos órgãos de segurança ao atendimento da Vigilância Sanitária, que faz a triagem, seguindo determinações da Organização Mundial da Saúde (OMS), para evitar a propagação do novo coronavírus.

Equipes da Agência Municipal de Trânsito (Agetrat), da Vigilância Sanitária e também da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Militar (PM), Corpo de Bombeiros, Receita Federal, Exército Brasileiro, integram força-tarefa para receber os brasileiros na linha internacional.

Depois dos procedimentos e orientações, todos são encaminhados para atendimento do controle migratório, e autorizados, podem seguir viagem para diferentes destinos no Brasil.

Os viajantes recebem orientação de que deverão permanecer em isolamento domiciliar por sete dias se forem assintomáticos e 14 se tiverem sintomas da covid-19. Os brasileiros que moram em Corumbá e integram o grupo, devem obedecer o procedimento de isolamento social.

Todos os brasileiros que desembarcam no município pantaneiro, chegam ao território nacional usando máscaras, recomendação dada aos mesmos antes de embarcaram rumo a cidade pantaneira. 

PUBLICIDADE