PUBLICIDADE

Após pronunciamento de Bolsonaro, prefeito de Corumbá diz que vai manter ações de prevenção ao coronavírus

Rosana Nunes em 25 de Março de 2020

O presidente Jair Bolsonaro, em pronunciamento no rádio e na tv, na noite de terça-feira (24), defendeu a redução das medidas de isolamento decretadas por governadores e prefeitos em função da pandemia do coronavírus.

Bolsonaro afirmou que as autoridades devem evitar medidas como proibição de transportes, o fechamento de comércio e o confinamento em massa. “Nossa vida tem que continuar. Os empregos devem ser mantidos. O sustento das famílias deve ser preservado. Devemos, sim, voltar à normalidade”, afirmou. Ainda disse que por sua condição de atleta, se pegasse a covid-19, seria uma "gripezinha" ou "resfriadinho". O pronunciamento causou perplexidade e a reação de vários setores.  

Anderson Gallo/ Diário Corumbaense

"Nosso principal objetivo é assegurar a saúde dos corumbaenses", diz prefeito

Em Corumbá, onde o Município tomou uma série de medidas que vão desde a restrição do funcionamento do comércio até o toque de recolher, o prefeito Marcelo Iunes, disse que vai manter as ações. “Vamos manter todas as medidas que já fizemos até aqui, aumentando inclusive as ações para evitar a aglomeração das pessoas. Vamos autorizar que as mercearias e os açougues também funcionem até às 19h30, para evitar aglomerações nos supermercados. As aulas seguem suspensas, assim como o atendimento presencial nos órgãos da Prefeitura, e pedimos para que a população continue evitando sair de casa, principalmente os idosos e as pessoas do grupo de risco", afirmou.

"Nosso principal objetivo é assegurar a saúde dos corumbaenses. Não temos nenhum caso confirmado dessa doença na cidade, mas isso não significa que devemos diminuir nossos esforços. Pelo contrário, temos que continuar trabalhando para evitar que esse vírus chegue aqui. E com a ajuda da população e com a graça de Deus, vamos conseguir isso”, finalizou.

Medidas tomadas pela Prefeitura

O toque de recolher começou no domingo (22) e vai das 20h às 04h. O comércio pode funcionar das 08h até 14h. Já o serviço de entrega domiciliar de alimentos e mercadorias devidamente identificados (delivery), podem funcionar dentro do período do toque de recolher até 22h.

As padarias e confeitarias, estão autorizadas a funcionar das 06h até às 19h30. O horário restrito não afeta funcionamento de farmácias, supermercados, clínicas médicas, serviços de entrega domiciliar de alimentos e mercadorias devidamente identificados, e postos de combustíveis, exclusivamente para abastecimento de veículos.

As feiras livres estão suspensas desde domingo por 30 dias, as aulas na Rede Municipal e o atendimento presencial ao público nos órgãos municipais também foram suspensos. 

O Terminal Rodoviário Intermunicipal de Corumbá foi interditado e estão proibidos o embarque e desembarque de pessoas em ônibus intermunicipais e vans de linhas regulares ou fretamentos na cidade.  

Comentários:

Josy barreto: O prefeito de Corumbá está de parabéns ....salvando vidas .tem que manter ....as medidas muito justo ....cuidando das pessoas corumbaense .

PUBLICIDADE