PUBLICIDADE

“População não atende nosso apelo”, diz Geraldo Resende sobre combate à dengue

Fonte: Campo Grande News em 17 de Fevereiro de 2020

Leonardo Rocha/CG News

Secretário de Saúde de MS, Geraldo Resende

Durante evento em Campo Grande, nesta segunda-feira (17), o secretário de Estado de Saúde (SES), Geraldo Resende, falou sobre a "inércia" dos sul-mato-grossenses para combater o mosquito transmissor da dengue.

“Enquanto a população for pouco colaborativa, teremos números que nos incomodam e vidas se perdendo. A população não atende nossos apelos. Muita gente não tem cuidado com a sua saúde, a saúde de seus filhos e de entes queridos, porque acredita que a dengue não vai acontecer entre os seus”, disparou Resende.

Conforme boletim epidemiológico da SES, divulgado na última quarta-feira (12), 11 mortes foram provocadas por dengue em Mato Grosso do Sul este ano. O relatório aponta para 2.829 casos identificados nos 43 primeiros dias do ano, média de 65,7 a cada dia.

Campo Grande e mais 67 municípios sul-mato-grossenses têm média (de 100 a 300 casos para cada 100 mil habitantes) ou alta incidência (acima de 300 casos/100 mil habitantes) da doença.

PUBLICIDADE