PUBLICIDADE

Termômetros podem registrar hoje maior temperatura do ano em MS

Campo Grande News em 10 de Setembro de 2019

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) e o Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima) preveem temperaturas de até 41°C nesta terça-feira (10) em Mato Grosso do Sul. Em pleno inverno, a onda de calor pode quebrar dois recordes de uma só vez.

Em 2010, os termômetros de Coxim atingiram 42°C em setembro. De lá para cá, a marca que chegou mais perto para o mês foi de 41,6°C, detectados no ano passado, em Sonora.

O número pode ser superado nesta terça pelas cidades da região pantaneira. Conforme o Inmet, a máxima prevista para Aquidauana, Corumbá, Miranda e Porto Murtinho é de 41°C. Já segundo o Cemtec, os termômetros de Coxim devem chegar a 40°C.

O recorde de temperatura de 2019 também pode ser superado neste décimo dia de setembro. Até aqui, a maior registrada foi em Porto Murtinho, com 41,3°C em janeiro, de acordo com o Inmet.

A previsão do instituto para a Capital tem máxima de 38°C. De acordo com o Cemtec, a maior temperatura identificada em Campo Grande este ano foi de 37,9°C, em janeiro.

Para a região leste, que comporta Três Lagoas, Costa Rica, Cassilândia, Selvíria e Paranaíba, a máxima nesta terça-feira deve ser de 38°C, segundo o Inmet. Por sua vez, o Cemtec aponta que Água Clara, também no lado leste, pode registrar até 40°C.

Extremos

Na segunda-feira (09), sete municípios de Mato Grosso do Sul entraram na lista das 20 cidades brasileiras mais quentes. Coxim, com 40,2°C, ficou atrás somente de Cuiabá (MT), que registrou 40,6°C. Com 40,1°C, Iguatemi completou o “pódio” do calor no primeiro dia da semana.

Também figuraram na relação do Inmet as cidades de Água Clara (39,9°C), Rio Brilhante (39,6°C), Porto Murtinho (39,5°C), Maracaju (39,4°C) e Itaquiraí (39,1°C).

PUBLICIDADE